Inmetro lança novo Selo Ruído para liquidificador, secador e aspirador

Selo

A partir 20/02/2014, liquidificadores, secadores de cabelo e aspiradores de pó deverão ser fabricados e importados com o novo Selo Ruído do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O objetivo é diminuir o excesso de ruído emitido pelos eletrodomésticos e estimular a indústria a fabricar aparelhos mais silenciosos.

O novo selo colorido, que terá a marca do Inmetro e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), vai classificar os decibéis de 1 (mais silencioso) a 5 (menos silencioso) e deverá estar colado na embalagem para informar ao consumidor a potência sonora do produto. O selo indica de forma simples o nível de ruído para que o consumidor possa escolher os aparelhos mais silenciosos.

O chefe substituto da Divisão de Programas de Avaliação da Conformidade do Inmetro, Leonardo Rocha, explica que esta é uma nova maneira de apresentar o selo, que já existe e indica apenas o número de decibéis emitidos, o que não é muito bem compreendido pelos consumidores.

“É uma nova forma de apresentar de modo mais didático e útil a informação para o consumidor, que poderá fazer uma compra mais consciente. A ideia também é incentivar a indústria a produzir aparelhos mais silenciosos sem que percam a potência”, disse Rocha.

Segundo o instituto, os aparelhos estão atualmente dentro dos níveis aceitáveis de barulho e não fazem mal à saúde. A nova medida visa a trazer mais conforto ao cidadão.

Selo Inmetro
Selo Ruído quer incentivar a indústria a produzir eletrodomésticos mais silenciososDivulgação Inmetro
O Inmetro vai fiscalizar os fabricantes e as importações, impedindo a entrada de mercadorias irregulares no país. A empresa que descumprir a regra será punida por meio de multa e apreensão da mercadoria. Em breve, os produtos com o novo selo chegarão às lojas. O estoque antigo poderá ser mantido no mercado até agosto de 2016.

A servidora pública Paula Praxedes, de 49 anos, e sua mãe, Sônia Praxedes, de 78, aprovam a nova regra, já que o atual modelo dificulta a compreensão. Perguntada se entendia o que significa, por exemplo, 80 decibéis indicado em um selo, Sônia disse que “não dá para ter noção [se é muito ou pouco barulhento]. "O selo com as cores vai simplificar”, completou. Para Paula, o barulho dos liquidificadores e aspiradores incomoda muito: “A indústria vai ter de se adaptar, produzindo aparelhos mais silenciosos para diminuir a poluição sonora”.

Nos próximos dois anos, o Inmetro, em parceria com o Ibama, vai estudar a implantação da classificação sonora para máquinas de lavar e aparelhos de ar condicionado.

O instituto destaca que o consumidor tem importante papel nas regulamentações, enviando sugestões e relatos, por meio da Ouvidoria (0800 285 1818) ou do site do Inmetro, quando estiver incomodado com o ruído ou com a segurança de qualquer produto.

Fonte: Agência Brasil



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.