Professora mata gatos em sala de aula

Gato_200_200

O que seria apenas mais um sábado de aula no campus do Ifes de Piúma se transformou numa tarde de crueldade contra quatro gatinhos recém-nascidos. Os animais foram estrangulados, em plena sala de aula, por uma professora de Biologia da instituição educacional.

A denúncia partiu de uma mãe de aluna, que se diz indignada com a postura da educadora, Sonia Wenceslau Flores Rodrigues, diante de incrédulos estudantes e de uma professora de Sociologia.

Alunos que levaram os quatro gatinhos recém-nascidos, filhotes de uma gata que morreu ao parir. A intenção era de entregá-los à professora de Sociologia, que já fez esse “gesto de compaixão” outras vezes.

Presenciando a cena, Sônia Wenceslau se dirigiu aos alunos e disse que “resolveria” o caso: estrangulou os animais na frente dos atônitos estudantes e da professora, que chorou.

Os alunos enterram os corpos no campus do Ifes e, revoltados, postaram na internet cartazes denunciado o caso.

Piedade

Com currículo invejável, a professora de Biologia comanda departamento na instituição. Tem doutorado e mestrado nas áreas ambiental e biológica. Por telefone, ontem à tarde, na sala da direção, confirmou o estrangulamento à reportagem.

Alegou que “os filhotes não resistiriam, pois tinham perdido a mãe”. Confessou que os estrangulou “como uma forma de eutanásia”, ou, como enfatizou, “por piedade”. Disse que o caso “é complexo” e que daria versão mais detalhada sobre o episódio.

Integrantes da Associação Protetora dos Animais de Marataízes (Apamar), no entanto, asseguram que “é normal o recolhimento de gatos recém-nascidos, e que, com cuidado e carinho, a sobrevivência é alta”.

Explicam que o leite é introduzido por conta gotas ou umedecido em algodão. Para a Apamar, “essa crueldade não tem justificativa, principalmente vinda de uma pessoa esclarecida, dentro de uma instituição educacional respeitada e na frente de alunos”.

Fonte: O Fato



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.