Professores da rede estadual decidem pela continuidade da greve

Manifestacao_servidores_interna_gustavo

Os professores da rede estadual, reunidos em assembleia na manhã desta quarta-feira (23), na sede social do clube Álvares Cabral, em Vitória, decidiram pela continuidade da greve, deflagrada no dia 14 de abril deste ano. Cerca de 1,5 mil professores compareceram à assembleia, vindos de todo o Estado.
Após a assembleia, os professores saíram em passeata pela Avenida Nossa Senhora dos Navegantes em direção ao Tribunal de Justiça do Estado (TJES) para a realização de um ato público.

A categoria também foi informada pelo departamento jurídico do Sindicato dos Servidores em Educação Pública do Estado (Sindiupes) sobre as negociações com o governo para a recomposição das perdas inflacionárias.

Na manhã desta quarta-feira, representantes do Sindiupes se reuniram com membros da Procuradoria Geral do Estado (PGE) para discutir a recomposição inflacionária das perdas salariais dos professores. À categoria foi passada a informação que o governo deixou claro que há insegurança para conceder reposição somente ao magistério.

A PGE não concorda em conceder a reposição em 100% para todos os servidores e pensa ser indevida a concessão apenas para o magistério. No entanto, o departamento jurídico entende que a recomposição é possível, mesmo que não seja total, pelo menos a dos últimos 12 meses.

Depois dos comunicados, os professores votaram a continuidade do movimento, bem como o calendário de movimentações para a próxima semana.

Nesta quinta-feira (24) será realizada uma vigília em frente à Secretaria de Estado de Educação (Sedu) durante todo o dia. Os professores também devem protestar em frente ao Centro de Convenções de Vitória, onde vai ser realizada a Audiência Pública do Orçamento 2015, do governo do Estado. Na sexta-feira (25) a vigília acontece em frente à Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger).

Na segunda-feira (28), feriado na Grande Vitória, haverá mobilização no interior do Estado e em Vila Velha, nas proximidades do Convento da Penha, onde os professores vão realizar uma panfletagem.

Na terça-feira (29) vai haver uma assembleia geral da rede estadual, em local ainda a ser definido, seguida de passeata dos professores até o Palácio Anchieta.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.