São Filipe 03/05

280-343-0-0 (13)

São Filipe
03/05

Filipe nasceu em Betsaida, na Galiléia, foi um dos primeiros discípulos de Jesus. Seu nome ocupa sempre o quinto lugar nas listas dos apóstolos e é mencionado mais de uma vez no Evangelho. Os poucos elementos fornecidos pelo Evangelho, nos permite esboçar o perfil espiritual do apóstolo Filipe, homem simples e aberto, primário e sincero que gozou da intimidade espontânea com Jesus. Ele era da mesma cidade de Pedro e André, e talvez fosse também pescador. As Sagradas Escrituras nos contam que Filipe, após ter sido chamado diretamente por Jesus, ao encontrar Natanael lhe comunica a notícia: “Achamos aquele de quem Moisés escreveu na lei e que os profetas anunciaram: é Jesus de Nazaré, filho de José” (Jo 1, 45-46). Em outra passagem, João nos conta que foi Filipe quem perguntou a Jesus, no dia do milagre da multiplicação dos pães, como faria para alimentar tanta gente com tão poucos pães. A última intervenção dele aconteceu durante a última Ceia. Os apóstolos escutavam atentos as palavras de despedida do Mestre, quando Filipe lhe pediu um esclarecimento: “Senhor, mostra-nos o Pai e isto nos basta”. Jesus respondeu: “Filipe há tanto tempo que convivo convosco e ainda não me conheceis? Quem me viu, viu o Pai. Não crês que eu estou no Pai e o Pai está em mim?” (Jo 14,8). Nada sabemos dele depois da Ressurreição. Segundo a tradição ele foi enviado para pregar o Evangelho na Ásia Menor. Filipe foi responsável pela conversão de muitos pagãos ao cristianismo. Conta uma tradição que ele morreu crucificado de cabeça para baixo, aos 87 anos no tempo do imperador Domiciano. As suas relíquias teriam sido transportadas a Roma e colocadas juntas com as de São Tiago Menor, na igreja dos santos Apóstolos. Este seria o motivo pelo qual a Igreja latina festeja os dois apóstolos no mesmo dia.

Reflexão: No escudo que simboliza São Filipe aparecem dois pães e uma cruz. Os pães lembram o comentário de Filipe para Jesus, diante da multidão, para qual Jesus multiplicou os pães. A cruz lembra o seu martírio. O apostolado de Filipe foi fecundo e fiel. Filipe acompanhou Jesus durante sua vida e depois da ressurreição fez-se missionário na África e Ásia. Recorremos hoje a São Filipe, pedindo que ele nos inspire o zelo missionário.

Oração: Ó Deus, que a vossa Igreja exulte sempre no constante louvor dos Santos Filipe e Tiago Menor, para que, sustentada por sua doutrina e intercessão, seja fiel a seus ensinamentos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.



Publicidade


Outras Notícias


Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

São Floriano, padroeiro dos bombeiros

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.