Grevistas cortam água e bloqueiam entradas da Ufes

Ufes__dayana_souza__15__min_ecae-41434

Ninguém entra. Ninguém sai. Os portões da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) amanhecerem fechados nesta segunda-feira (19). Grevistas impediram a entrada de motoristas no campus de Goiabeiras, formando um intenso congestionamento próximo a Ponte da Passagem e a Avenida Fernando Ferrari. O acesso a Universidade só se dava a pé, exceto para servidores, que conseguiam o livre acesso.

O andamento das aulas começou prejudicado já que apenas uma parcela de professores conseguiu passagem. O bloqueio se dá em meio a greve dos servidores técnico-administrativos da instituição. Os poucos estudantes que conseguiram entrar nos prédios da UFES se depararam também com o corte da água. Vasos sanitários, pias e bebedouros não funcionam. Segundo apurações, o corte partiu dos próprios servidores.

“Os prédios estão sem água, muito sujos e o banheiros imundos, sem papel. Toda greve é justa, mas a Universidade é pública e o direito de ir e vir não pode ser retirado. Cortaram a água para forçar a nossa paralisação”, disse a estudante Elisa Tavares.

Para universitária Maria Julia Correia, as condições estão precárias. “A UFES está um caos. Servidores só autorizaram a entrada de colegas. Não está havendo limpeza. Os prédios estão imundos”, relatou.

Os servidores pretendem fazer uma paralisação com duração de 24 horas na próxima quarta-feira (21).



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.