Estado e município se unem para combater a fraude fiscal

Pedra

A fraude de notas por parte de empresas significa menos investimento do poder público em serviços básicos para a população, como saúde e educação, e em obras de infraestrutura. Cachoeiro de Itapemirim agora tem nova frente para coibir e punir esse tipo de crime. Dentro e fora do horário comercial, equipes de fiscalização tributária estadual e municipal estão abordando veículos de carga para verificação.

Estão na mira diversos segmentos, mas o foco tem sido empresas de rochas ornamentais, a partir de apuração in loco e denúncias de venda ilegal de notas eletrônicas de mercadorias e transporte com ausência de nota.

Para o próximo dia 11, está agendada a terceira reunião de acompanhamento do trabalho, no gabinete do prefeito Carlos Casteglione. Além do prefeito e de servidores das secretarias estadual e municipal de Fazenda, participam dos encontros representantes do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Militar e agentes de trânsito da prefeitura.

“Não é apenas a população que sai prejudicada. As empresas que atuam corretamente também, pois as firmas que praticam a fraude acabam tendo uma vantagem desleal de definição de preços ao consumidor, desequilibrando o mercado. Precisamos do apoio das empresas que atuam corretamente para denunciar e punir quem está fora da lei”, avalia Casteglione.

Desde abril, quando teve início a ação, já foram abordados cerca de 70 veículos e lavrados 112 autos de infração, totalizando R$ 392 mil em notas. As equipes atuam simultaneamente em pontos estratégicos, seguindo cronograma com horas alternadas.

Os veículos são apreendidos e liberados apenas quando a fonte da fraude é identificada e após pagamento das multas e impostos pendentes. Os responsáveis responderão por fraudes e crime contra a ordem tributária.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.