Projeto quer aproximar mercado de trabalho e pessoas com deficiência

Eficiente

Promover o acesso das pessoas com deficiência à qualificação profissional e ao mercado de trabalho, com vistas à superação de barreiras, ao fortalecimento da autonomia, do protagonismo e da participação social. Essa é a proposta do projeto Pessoa com (D)Eficiência, desenvolvido pela prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim e pioneiro no Espírito Santo.

A iniciativa pretende favorecer cerca de 840 famílias do município que têm como membros pessoas com deficiência que estejam cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC), com idade entre 15 e 59 anos. Mas a previsão da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), que coordena a ação, é que o número de atendimento seja ainda maior.

O lançamento do projeto aconteceu nesta quinta-feira (3), no auditório do Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat), no bairro Aeroporto, e contou com a participação de representantes de órgãos e entidades parceiras. São elas: Ministério Público do Trabalho (MPT), Comdpede, Pronatec, Sest/Senat, Viação Itapemirim, Unimed Sul Capixaba, Supermercados Perim e Centro Universitário São Camilo.

Depois, estudantes do curso superior de Psicologia, do São Camilo, participaram de uma capacitação oferecida pela Semdes, na qual receberam instruções de profissionais que trabalham na secretaria e, também, do procurador do trabalho do MPT, Djailson Martins Rocha. Ao todo, são 64 alunos que vão atuar como entrevistadores. As abordagens começam já na próxima semana.

“Para a segurança da população que irá recebê-los, os universitários inscritos realizarão as visitas devidamente identificados com camisa e crachá”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Thiago Viana. Segundo ele, o projeto foi desenvolvido a partir da análise das ações e dos programas já em atividade em Cachoeiro.

“Nosso objetivo é identificar as pessoas com deficiência no município para conhecer suas necessidades. Desta forma, será possível oferecer oportunidades de acesso e incentivá-las a participar de cursos de qualificação profissional”, frisa o secretário.



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.