RODOVIA QUE LIGA VARGEM ALTA A CACHOEIRO ENTRE A MAIS PERIGOSA DO SUL DO ESTADO

Vargem

“Em menos de sete meses já foi registrado pela Polícia 22 mortes na rodovia”.

De acordo com o levantamento feito pelo 9º BPM do Pelotão da Polícia de Trânsito de Cachoeiro de Itapemirim, a rodovia ES 164, é a campeã de acidentes entre as rodovias estaduais. O trecho de maior índice de acidentes é a temida “curva da morte”, que liga Vargem Alta a Cachoeiro, na serra de Soturno.“A Rodovia ES 164 tem várias armadilhas, inclusive o trecho da curva da morte”, disse o Comandante do Pelotão de Trânsito Tenente Athos Alves.

Mesmo com radares instalados e placas para orientar e chamar a atenção sobre as curvas inclinadas e sinuosas, os acidentes se tornaram rotina no trecho. Segundo os caminhoneiros que trafegam diariamente na rodovia, os motoristas de carreta que descerem na terceira marcha no trecho da serra, correm sério risco de sofre um acidente. Eles orientam que o certo é descer em marcha forte que é a primeira e no máximo a segunda.

De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES), estão instalando sete equipamentos de fiscalização eletrônica no trecho da rodovia ES 164 localizado entre Cachoeiro e Vargem Alta. Segundo o órgão, os equipamentos estão em fase de instalação e aferição e, tão logo estejam prontos para operar, o DER vai informar o início do funcionamento.

DER informou ainda que realiza ações rotineiras de conservação, entre elas, serviços de capina, tapa buraco, desobstrução da pista e manutenção da sinalização.

Para a diretora geral do DER, Tereza Casotti, é muito importante que os motoristas se conscientizem sobre a importância em se obedecer à sinalização implantada, como placas indicativas de velocidade e parada obrigatória.

“O condutor deve sempre verificar as condições do veículo. É bastante comum em rodovias que se encontram em regiões de serra acontecerem acidentes por falhas mecânicas nos veículos", explica a diretora.

Mesmo assim muitas vezes a imprudência acaba terminando em acidentes e mortes. Em menos de um mês dois acidente foram registrado com as mesmas características. O primeiro foi no dia (16) do mês passado com uma quando o veículo perdeu o freio, capotou e caiu em uma ribanceira às margens da rodovia, resultando na morte de uma pessoa.

O outro foi um motorista da cidade de Campina (SP), que também perdeu o freio e para evitar uma tragédia acabou colidindo o veiculo contra barra de proteção parando no acostamento. Ele pulou do veículo e só teve apenas ferimentos leves no pé direito.

O jornal A Tribuna e o Portal Notícia Capixaba procuraram o Pelotão de Polícia de Trânsito de Cachoeiro de Itapemirim, para saber das estadísticas das ocorrências de janeiro a julho/2014, e os números surpreenderam. Acidentes: 31, Mortes: 22 e Feridos: 09.

O Ten. Athos disse que as maiorias do acidente foram no trecho da curva da morte. Já em 2013, ele informou que a estatística de janeiro a dezembro foram 58 mortes.

“Antes de trafegar na rodovia o motorista deve fazer uma revisão completa em seu veículo, como por exemplo, verificar as condições dos freios, prestar atenção nas placas e pedir informações sobre os trechos”, orienta o comandante.

Fonte: Notícia Capixaba



Publicidade


Outras Notícias


Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

São Floriano, padroeiro dos bombeiros

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.