Centro de Atendimento ao Surdo de Cachoeiro desenvolve projeto de jiu-jitsu

Giu

Com o objetivo de incluir a comunidade surda, o Centro de Atendimento ao Surdo (CAS) de Cachoeiro de Itapemirim está desenvolvendo o projeto “A Arte Suave de Cachoeiro”, que ensina os princípios básicos da arte marcial jiu-jitsu. Atualmente, a iniciativa beneficia 15 estudantes que possuem deficiência auditiva, sendo também aberto para a comunidade local.

O projeto tem por finalidade incluir socialmente surdos e ouvintes no ambiente educacional, por meio do esporte, atuando como uma ferramenta de interação e inclusão social.

“A ação tem movimentado significativamente a comunidade surda de nossa escola, elevando a autoestima de nossos alunos, proporcionando a interação com os ouvintes. Além da socialização, o projeto também estimula os estudantes a participarem de outras ações desenvolvidas no CAS”, destacou o diretor Wanderson da Silva Santos.

As aulas, voltadas para crianças, adolescentes, jovens e adultos, contam com um interprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), assim possibilitando aos estudantes aprenderem sobre o histórico do jiu-jitsu, golpes básicos, regras, dentre outras técnicas da modalidade esportiva.

“A capacidade de atenção dos surdos e seu sentido de visão aguçado ocasionado pela falta do sentido da audição, facilita a compreensão e o aprendizado”, pontuou o diretor.

Segundo o mestre de jiu-jitsu, Edson Lázaro, o projeto formará campeões dentro e fora do tatame, pois valores como disciplina, humildade, respeito e educação serão agregados aos participantes.

“Jiu-jitsu é um esporte que visa totalmente à técnica e à eficiência sobre seu adversário, estimulando o raciocínio rápido e a inteligência na hora de momentos difíceis no combate, um verdadeiro xadrez humano”, explicou o mestre.

Os interessados em participar do projeto “A Arte Suave de Cachoeiro” devem procurar o CAS das 9 às 17 horas, horário de funcionamento semanal da instituição, e apresentar documentos pessoais e comprovante de residência. Menores de idade só poderão efetuar a participação mediante a autorização de pais ou responsáveis.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.