Programa vai gerar renda para mais de 220 famílias rurais

C0812_paa

A agricultura familiar vai ganhar novo incentivo em Cachoeiro de Itapemirim. Por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o município investirá, em cinco anos, mais de R$ 6,2 milhões na compra de produtos de pequenos agricultores. Os itens adquiridos serão repassados a entidades sociais e a famílias cadastradas em programas sociais, reforçando as ações de segurança alimentar da prefeitura.

“Queremos melhorar a renda de 226 famílias rurais do município. É uma meta ousada, muito superior à de outros municípios da nossa região, baseada no cenário favorável construído a partir dos investimentos que fizemos em agricultura nos últimos anos. Acreditamos que nossos produtores estão preparados para atender a essa demanda”, disse o prefeito Carlos Casteglione, que apresentou o programa a lideranças rurais e representantes de entidades na manhã desta terça-feira (12).

Serão priorizados agricultores de comunidade quilombola e assentamentos. Entre os atendidos, 40% devem ser mulheres e o mesmo percentual deve ter renda familiar per capita inferior a R$ 140 mensais (beneficiários do Bolsa Família).

Para o presidente do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Cachoeiro, Edmilson Moulin, o programa pode mudar a vida de quem trabalha no campo. “É uma novidade que faz com que os pequenos produtores acreditem mais no seu trabalho. Principalmente os de menor renda, que são os que mais precisam e, agora, têm chance de dobrar os seus ganhos”, avalia.

A primeira chamada pública de produtores para compra via PAA deve ser feita até setembro próximo. Para participar, o agricultor deve estar enquadrado no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

A princípio, vão receber os alimentos adquiridos entidades como lares de idosos, abrigos de crianças e adolescentes, hospitais filantrópicos, além de equipamentos públicos de alimentação e mais de 560 famílias em situação de insegurança alimentar.

O PAA é desenvolvido com recursos dos Ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Desenvolvimento Agrário (MDA). Em Cachoeiro, será investido o montante de R$ 1,243 milhão por ano, de acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, gestora local do programa.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.