Vacinação da segunda dose contra HPV começa no próximo dia 1º

Vacina____o_hpv_min_cdabdc-62616

Começa no próximo dia 1º de setembro a vacinação da segunda dose contra o HPV. No Espírito Santo, a expectativa é abranger 86.675 meninas. E para alcançar e até superar a meta do Ministério da Saúde, que é de vacinar 80% desse público-alvo, a estratégia, no Estado, será ofertar a vacina tanto nas escolas públicas e privadas – a exemplo do que ocorreu no início do ano – quanto nas unidades de saúde.

Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Danielle Grillo, a estratégia de vacinação no Espírito Santo será mista, ou seja, nas escolas públicas e privadas e nas unidades de saúde. A maioria dos municípios capixabas aderiu à estratégia de vacinação nas escolas e estará responsável por entrar em contato com as escolas e fazer o agendamento da vacinação.

Ela explica que a iniciativa de manter a vacinação nas escolas ajudará a garantir que as meninas que já receberam a primeira dose da vacina também recebam a segunda, o que é fundamental para garantir a proteção da adolescente até o recebimento da terceira dose daqui a cinco anos. Também ajudará àquelas na faixa etária de 11 a menores de 14 anos (13 anos, 11 meses e 29 dias) que ainda não receberam a primeira dose.

Como nem todos os municípios farão ação nas escolas, a orientação é que, em caso de dúvida, os pais ou adolescentes procurem se informar na unidade de saúde mais próxima de sua residência, já que a vacinação contra HPV faz parte do calendário nacional de vacinação e está disponível nas unidades básicas de saúde para as adolescentes incluídas na faixa etária preconizada.

Os pais que não quiserem que as meninas sejam vacinadas nas escolas terão de assinar um termo de recusa de vacinação, que é padrão e distribuído antes da ação na escola. Já nas unidades de saúde não há necessidade de autorização ou de acompanhamento dos pais ou responsáveis.

Danielle reforça a informação de que a faixa etária preconizada (11 a menores de 14) é para a primeira dose. Ou seja, as adolescentes que tinham 13 anos quando tomaram a primeira dose e agora já completaram 14 anos devem seguir o esquema vacinal e tomar a segunda dose.

Mais de 79 mil meninas vacinadas na primeira fase
Até o último mês de julho, 79.895 meninas receberam a primeira dose da vacina contra HPV no Espírito Santo. Desse total, 34 delas apresentaram eventos adversos sem gravidade (efeitos colaterais leves como dor de cabeça, mal-estar, náusea e desmaio). A coordenação lembra que esse tipo reação é esperado e reforça a importância da vacinação para proteger as meninas contra o vírus que pode levar ao câncer de útero.

Danielle Grillo explica, ainda, que o HPV pode acometer tanto mulheres quanto homens, contribuindo para o surgimento de câncer de vagina, ânus, vulva, pênis, além de causar verrugas genitais.

A vacinação das adolescentes antes do início da vida sexual tem melhor resposta na proteção e ajuda a quebrar a cadeia de transmissão, já que aproximadamente 95% dos casos da doença são transmitidos por esse meio. Portanto, a ação terá impacto na redução de lesões em ambos os sexos.

HPV
Existem mais de 150 tipos de HPV (papilomavírus humano). A vacina oferecida gratuitamente pelo SUS protegerá contra quatro tipos – dois deles são responsáveis por verrugas genitais e os outros dois relacionados ao aparecimento de aproximadamente 70% dos casos de câncer de colo de útero gerados pelo vírus.

Ao todo, cada adolescente receberá três doses: a segunda deve ser aplicada seis meses depois da primeira e a terceira cinco anos após a dose inicial. Em 2015, a faixa etária visada será a de 09 a 11 anos e, a partir de 2016, as pré-adolescentes com 09 anos passarão a ser beneficiadas.

É importante ressaltar que a vacinação é uma ferramenta de prevenção, mas não substitui o rastreamento do câncer feito por meio do exame preventivo. Da mesma forma, a vacina não confere proteção contra outras doenças sexualmente transmissíveis e, por isso, é importante usar o preservativo.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.