Mantida condenação de ex-vereadora de Cachoeiro

2406_1

A Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça Estadual (TJES), em sessão ordinária realizada nesta segunda-feira, 25, manteve, à unanimidade de votos, a condenação da ex-vereadora de Cachoeiro de Itapemirim Arlete Brito em ação de improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público Estadual (MPES). A decisão foi proferida no julgamento da Apelação Cível nº 0005782-10.2010.8.08.0011.

A ex-vereadora foi condenada pela prática de “rachid” à suspensão dos direitos políticos pelo período de cinco anos, à proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de três anos e, ainda, ao pagamento de multa civil equivalente a dez vezes o valor do subsídio de vereador à época dos fatos.

Segundo os autos, enquanto vereadora, Arlete Brito teria intermediado a contratação de uma servidora para exercer cargo em comissão na Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim e, como forma de permanência no cargo, seria lhe exigido parte da remuneração percebida – ticket de alimentação -, objetivando recompensar as pessoas que trabalharam em sua campanha eleitoral.

Para o relator do processo, desembargador substituto Jaime Ferreira Abreu, o envolvimento doloso na prática do ato ímprobo é constatado de maneira flagrante. “A situação que se estampa nitidamente, portanto, é da prática irregular conhecida como ‘rachid’, pela qual, no caso concreto, a vereadora indicou à nomeação pessoa que entendia de sua confiança, exigindo-lhe parte do seu vencimento (ticket alimentação no valor aproximado de R$ 480,00) para custear favores oriundos de promessas de campanha eleitoral”, destaca em seu voto, mantendo a condenação.

Fonte: Tribunal de Justiça



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.