Servidores da Justiça capixaba cruzam os braços por novo plano de cargos e salários

Paralizacao

Os servidores do Poder Judiciário do Espírito Santo cruzaram os braços terça-feira (2). Eles reivindicam por recomposição das perdas salariais e a defasagem existentes com os demais Poderes Judiciários de outros estados.

Cerca de 30% dos servidores estão atuando em plantão durante o dia e atendendo só urgências e emergências, deixando atendimento comprometido no Tribunal de Justiça, fóruns da Serra, Vila Velha, Vitória e alguns cartórios.
Aqueles que foram escalados para trabalhar durante a paralisação estão sendo orientados a usar camisas pretas.

Diante o protesto, o Plenário da Assembleia Legislativa (Ales) aprovou nesta terça-feira (2) a tramitação em regime de urgência dos Projetos de Lei 202/2014 e de Lei Complementar 42/2014, do Poder Judiciário. As matérias já entram na pauta da Ordem do Dia desta quarta-feira (3) e deverão receber parecer oral das comissões de Justiça, Cidadania e Finanças, antes de ir à votação pelo Plenário.

Uma das alterações previstas no projeto é a adequação da nomenclatura das carreiras nos moldes das carreiras do Judiciário Federal. A matéria também separa os cargos efetivos em extinção (quadro suplementar) dos cargos efetivos do quadro permanente e estrutura as tabelas de vencimentos “de modo a estimular a permanência dos servidores nos quadros do Poder Judiciário, além de atrair novos profissionais”.

A proposição também dispõe sobre as áreas de atividade dos quadros de pessoal permanente e suplementar e enquadra os servidores nas novas tabelas de vencimentos. A matéria prevê ainda a concessão de gratificação por execução de trabalho aos servidores ocupantes de cargos “expostos a constantes riscos à integridade física”.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.