Trabalhador morre após cair de uma altura de 15 metros

Foto

Um soldador de 36 anos morreu depois de cair do telhado de um frigorífico, na tarde desta quarta-feira (3), no município de Atílio Vivácqua, região Sul do estado. No momento do acidente, o trabalhador atuava na instalação do telhado do galpão para a empresa. A queda foi de uma altura de 15 metros. Segundo a empresa, o funcionário não estava utilizando todos os itens de segurança.
De acordo com o gerente geral da empresa que realiza a construção do telhado, uma ventania forte teria sido o motivo da queda. “Pelo que o nosso técnico em Segurança nos informou, havia todo o quesito de segurança, mas o que ocorreu na hora foi uma rajada de vento e parece que o rapaz em questão não estava ‘seguro’ ao cabo de segurança”, disse o gerente.
Segundo o técnico em Segurança do Trabalho, Leonardo Freire, um cabo de segurança estaria desconectado no momento do acidente. “Ele estava com o cinto, mas ele não estava preso ao cabo guia, na linha de vida, que é destinada a esse tipo de função”, explicou.
Testemunhas contaram que no momento da tragédia, um outro funcionário também estava no alto do telhado, mas conseguiu se salvar porque utilizava todo o equipamento e teria percebido a chegada da ventania, tendo tempo para se segurar na estrutura.
O dono da empresa, que é terceirizada, esteve no local com a família da vítima. Segundo ele, os funcionários recebem itens de segurança e também um treinamento sobre como usá-las. Ele também informou que a família vai receber todo o suporte necessário. No momento em que foi notificado, o Ministério do Trabalho disse que vai analisar se existiam condições de risco. Caso seja constatada alguma irregularidade, a empresa pode ter a atividade suspensa.

Fonte: G1

Mais imagems

Foto1


Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.