Três novas agroindústrias para gerar renda no campo

C0923_agro

O distrito de Pacotuba, em Cachoeiro de Itapemirim, ganha mais oportunidades de emprego e geração de renda com a abertura de três agroindústrias. Localizados na comunidade de Pedra Lisa, os empreendimentos rurais, que têm apoio da prefeitura, serão inaugurados nesta quinta-feira (25), às 19h.

Um deles, batizado de “Cantinho da Pedra”, é composto por seis trabalhadoras rurais da lavoura de café, que decidiram fabricar pães, bolos, biscoitos e doces. Elas montaram a agroindústria com recursos do Fundo Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, cerca de R$ 15 mil, usados na compra dos equipamentos para produção.
Os outros dois empreendimentos, “Sabores de Pedra Lisa” e a “Sala do Mel”, se tornaram realidade graças a uma parceria entre a comunidade, a prefeitura e a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes). O primeiro também vai fabricar bolos e outros produtos caseiros, e a segunda, mel puro.

Cada uma vai beneficiar, diretamente, cerca de seis pessoas. Elas ficaram responsáveis pela construção do espaço, o município elaborou os projetos e ofereceu assistência técnica, e a Aderes adquiriu os equipamentos necessários, que somaram um valor de R$ 60 mil.

“Todas essas iniciativas partem de intenções comuns, como a de criar alternativas de renda para o meio rural, diversificar a produção, incluir as mulheres no processo produtivo e incentivar a saída da informalidade”, frisa a subsecretária de Agricultura Familiar de Cachoeiro, Edlene Barros.

A solenidade de inauguração vai ocorrer na Igreja Católica, e contará com as presenças do prefeito Carlos Casteglione, do secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, José Arcanjo Nunes, de representantes da Aderes e membros da comunidade.

Produtos com garantia de procedência

A qualidade dos produtos das agroindústrias é uma das principais preocupações da prefeitura, que oferece assistência técnica para que os fabricantes garantam a aprovação dos órgãos responsáveis pela fiscalização.

“A regularização é fundamental para que os grupos possam inserir seus produtos no comércio local, nas vendas a varejo e nas compras governamentais. Para isso, são muito importantes as parcerias existentes entre os órgãos do município e o governo Estadual, que têm essa meta em comum”, afirma a gerente de Agroindústria da prefeitura de Cachoeiro, Alessandra Albergaria



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.