Três novas agroindústrias para gerar renda no campo

C0923_agro

O distrito de Pacotuba, em Cachoeiro de Itapemirim, ganha mais oportunidades de emprego e geração de renda com a abertura de três agroindústrias. Localizados na comunidade de Pedra Lisa, os empreendimentos rurais, que têm apoio da prefeitura, serão inaugurados nesta quinta-feira (25), às 19h.

Um deles, batizado de “Cantinho da Pedra”, é composto por seis trabalhadoras rurais da lavoura de café, que decidiram fabricar pães, bolos, biscoitos e doces. Elas montaram a agroindústria com recursos do Fundo Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, cerca de R$ 15 mil, usados na compra dos equipamentos para produção.
Os outros dois empreendimentos, “Sabores de Pedra Lisa” e a “Sala do Mel”, se tornaram realidade graças a uma parceria entre a comunidade, a prefeitura e a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes). O primeiro também vai fabricar bolos e outros produtos caseiros, e a segunda, mel puro.

Cada uma vai beneficiar, diretamente, cerca de seis pessoas. Elas ficaram responsáveis pela construção do espaço, o município elaborou os projetos e ofereceu assistência técnica, e a Aderes adquiriu os equipamentos necessários, que somaram um valor de R$ 60 mil.

“Todas essas iniciativas partem de intenções comuns, como a de criar alternativas de renda para o meio rural, diversificar a produção, incluir as mulheres no processo produtivo e incentivar a saída da informalidade”, frisa a subsecretária de Agricultura Familiar de Cachoeiro, Edlene Barros.

A solenidade de inauguração vai ocorrer na Igreja Católica, e contará com as presenças do prefeito Carlos Casteglione, do secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, José Arcanjo Nunes, de representantes da Aderes e membros da comunidade.

Produtos com garantia de procedência

A qualidade dos produtos das agroindústrias é uma das principais preocupações da prefeitura, que oferece assistência técnica para que os fabricantes garantam a aprovação dos órgãos responsáveis pela fiscalização.

“A regularização é fundamental para que os grupos possam inserir seus produtos no comércio local, nas vendas a varejo e nas compras governamentais. Para isso, são muito importantes as parcerias existentes entre os órgãos do município e o governo Estadual, que têm essa meta em comum”, afirma a gerente de Agroindústria da prefeitura de Cachoeiro, Alessandra Albergaria



Publicidade


Outras Notícias


Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

São Floriano, padroeiro dos bombeiros

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.