Bancários prometem entrar em greve a partir de terça-feira (30)

Greve

Em assembleia, os bancários que atuam no Espírito Santo aprovaram a adesão à greve nacional da categoria a partir da próxima terça-feira (30). A decisão foi tomada nesta quinta-feira (25) no Centro Sindical dos Bancários-ES, em Vitória. A votação foi quase unânime, com 254 votos favoráveis à paralisação e apenas um contrário. A greve será por tempo indeterminado.

De acordo com o Sindicato dos Bancários, depois de sete rodadas de negociação, não houve acordo entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que recusou os principais pontos da pauta dos trabalhadores. O índice reivindicado pela categoria é de 12,5%. Mas a Fenaban propôs um índice rebaixado de apenas 7% para salário, PLR e auxílios refeição, alimentação e creche, e 7,5% para o piso.

“A Fenaban apresentou proposta um pouco acima da inflação, mas o índice não atende as demandas da categoria, nem faz jus à alta lucratividade do setor bancário. Existe possibilidade de avançar mais e temos que fortalecer a mobilização para garantir conquistas maiores”, diz Carlos Pereira de Araújo (Carlão), coordenador geral do Sindicato.

Araújo também criticou a ausência de respostas a reivindicações centrais da pauta dos trabalhadores, como fim das metas e do assédio moral, contratação de mais bancários, igualdade de oportunidades e segurança.

“Há um adoecimento geral na categoria e o eixo de saúde e condições de trabalho é uma das prioridades. Fizemos um debate profundo com os bancos sobre a necessidade de mudar essa realidade de pressão e de assédio moral ? problemas que fazem parte da estratégia de gestão dos bancos ? , mas não houve proposta patronal. Também é urgente a garantia do emprego, com contratação de mais bancários, fim da terceirização, das demissões e da rotatividade, mas nenhum desses pontos foi atendido”, enfatizou.

Na segunda-feira (29), a categoria volta a se reunir para organizar a greve, às 18 horas, no Centro Sindicato dos Bancários.

Principais reivindicações da Campanha Nacional
Reajuste salarial de 12,5%.

PLR: três salários mais R$ 6.247.

Piso: R$ 2.979,25 (salário mínimo do Dieese em valores de junho).

Vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá: R$ 724,00 ao mês para cada (salário mínimo nacional).

Melhores condições de trabalho, com o fim das metas e do assédio moral que adoecem os bancários.

Emprego: fim das demissões e da rotatividade, mais contratações, proibição às dispensas imotivadas, aumento da inclusão bancária, combate às terceirizações diante dos riscos de aprovação do PL 4330 na Câmara Federal, do PLS 087 no Senado e do julgamento de Recurso Extraordinário com Repercussão Geral no STF.

Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para todos os bancários.

Auxílio-educação: pagamento para graduação e pós-graduação.

Prevenção contra assaltos e sequestros: cumprimento da Lei 7.102/83 que exige plano de segurança em agências e PABs, garantindo pelo menos dois vigilantes durante todo o horário de funcionamento dos bancos; instalação de portas giratórias com detector de metais na entrada das áreas de autoatendimento das agências; e fim da guarda das chaves de cofres e agências por bancários.

Igualdade de oportunidades para todos, colocando fim às discriminações nos salários e na ascensão profissional de mulheres, negros, gays, lésbicas, transexuais e pessoas com deficiência.

Estatização do Sistema Financeiro

Redução das taxas de juros e tarifas



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.