Expectativa é de alto índice de abstenção e votos brancos e nulos nas eleições

Voto

A cinco dias da eleição, o mercado político trabalha com a possibilidade de os índices de abstenções e votos brancos e nulos serem bem maiores do que os registrados na última eleição geral, em 2010. O motivo seria a frustração gerada pela falta resultados práticos dos movimentos de junho e julho do ano passado.

O movimento no Espírito Santo foi, proporcionalmente, o maior do País, levando para as ruas de Vitória mais de 100 mil pessoas num único dia. Os manifestantes cobravam mudanças na política institucional.

Em 2010, o total de votos apurados no Espírito Santo foi de 2.083.045. Desse total, 438.946, o que corresponde a 17,4% foram de abstenções, ou seja, de pessoas que não compareceram às urnas para votar. Brancos e nulos somaram 12,38%. Para esse ano, a expectativa da classe política é de que o índice de abstenções chegue perto de 30%.

A diminuição do índice de abstenção, porém, é prejudicial ao próprio eleitor. Na proporcional o quociente eleitoral diminui, por isso, os candidatos têm de conseguir menos votos para se eleger. Na majoritária, a possibilidade de a eleição ser decidida por lideranças mais antigas da política aumenta.

Muitas lideranças encontram dificuldades em convencer os eleitores a votar e reclamam que há resistência aos nomes apresentados para a eleição. Essa rejeição se reflete nas pesquisas que apontam um grande número de indecisos. Exemplo disso é a pesquisa ao Senado.

O último levantamento realizado pela Brand/Século Diário, na semana passada, é de 22% de indecisos (menção induzida), enquanto os candidatos seguem embolados na disputa com diferenças muito pequenas entre eles. Isso mostra que a população não entrou no espírito das eleições até aqui.

Mas o que vem chamando a atenção dos candidatos em geral é que a tendência do eleitorado de definir candidatos proporcionais e senador na reta final, não está se concretizando. Os votos de presidente e governador estão mais consolidados, mas o restante tem causado muita insegurança no eleitor.

Diante do tamanho da movimentação do ano passado e a cartela de candidatos oferecida está a frustração do eleitorado, que esperava o surgimento de novas caras na política, a partir das manifestações. Mas isso não aconteceu, como também não aconteceu a abertura de espaço para que as demandas explicitadas nas manifestações fossem atendidas.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.