PMs do RJ que socorreram vítimas de ataque a escola serão promovidos

Sargentoalves_300x400

Os três policiais militares que socorreram e ajudaram os alunos e as vítimas do ataque à Escola Municipal Tasso da Silveira serão promovidos. Segundo da Polícia Militar, a solenidade de assinatura das promoções por “Ato de Bravura dos PMs” vai acontecer na terça-feira (12), no Quartel-General da PM, no Centro do Rio.
O terceiro-sargento Márcio Alexandre Alves, que atirou na perna do assassino Wellington Menezes, será elevado ao cargo de segundo-sargento. Após ser baleado pelo PM, o autor do massacre se matou com um tiro na cabeça. Doze estudantes morreram na tragédia.
Os outros dois cabos, Denílson Francisco de Paula e Ednei Feliciano da Silva, serão promovidos a terceiro-sargento. Os três PMs pertencem ao Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV) e no dia do ataque, eles atuavam na fiscalização de vans em uma rua próxima à escola.
O governador Sérgio Cabral, o secretário estadual de Segurança José Mariano Beltrame, o comandante-geral da PM Mário Sérgio Duarte e presidente do país em exercício, Michel Temer, vão participar da cerimônia de premiação dos policiais.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.