Caso Bruno: Justiça determina que Flamengo desconte 17,5% do salário do goleiro para o menino Bruninho

Bruno

A disputa travada entre os advogados de Sônia de Fátima Moura, mãe de Eliza Samúdio, e o setor jurídico do Flamengo ganhou mais um capítulo nesta semana. A juíza Maria Cristina de Brito Lima, da 1ª Vara de Família da Barra da Tijuca, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), determinou que o clube carioca desconte em folha um pagamento referente a 17,5% do salário do goleiro do Bruno Fernandes de Souza, de 26 anos, para o custeio de Bruninho, filho da jovem desaparecida em julho de 2010 e, supostamente, do atleta. O dinheiro deve ser destinado à avó do menino, que é responsável pela guarda do neto.

A juíza entendeu que Bruno ainda é empregado do Flamengo e determinou que, sobre o valor de um salário mensal, o clube retire 17,5% para custeio do menino. A decisão é referente a um depósito apenas, não a um valor mensal, pois ainda não foi concluído o processo de reconhecimento de paternidade.

Caso o pagamento não ocorra, o clube carioca tem um prazo de 10 dias para apresentar à Justiça a rescisão contratual, justificando a extinção do vínculo entre empregador e empregado. Para a juíza, a suspensão do contrato do atleta não é suficiente, como tem insistido o departamento jurídico do Flamengo para não pagar o percentual estipulado pela Justiça. A advogada Maria Lucia Borges, que cuida do processo de reconhecimento da paternidade da criança, afirma que até hoje Bruninho não recebeu nenhum centavo.

O advogado José Arteiro Cavalcanti, informou que os vencimentos mensais de Bruno chegavam a 250 mil reais, na somatória do salário pago pelo clube carioca (100 mil reais) e dos benefícios, como o de direito de imagens. Porém, os ganhos não incluídos diretamente no contrato não são considerados pela Justiça. Sendo assim, pelos cálculos, o valor a ser pago para o custeio da criança é de 17,5 mil. “O contrato do Bruno vence somente em dezembro de 2012. Sendo assim, os salários dele devem ser pagos até o fim do vínculo dele com o clube”.

O setor jurídico do Flamengo informou que só vai se pronunciar após receber a notificação.


Fred - Postado mais de 5 anos atrás
Esse cara vai ser solto!


Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.