Nicolas Cage sai da prisão após ter fiança paga por caçador de recompensas

Nicolas e alice

Preso no sábado por violência doméstica, o ator americano Nicolas Cage foi libertado neste domingo depois de ter a fiança de US$ 11 mil paga pelo caçador de recompensas Duane ‘Dog’ Chapman, segundo informa o site especializado em celebridades TMZ.

Cage foi detido em Nova Orleans acusado de violência doméstica e perturbação da ordem pública, após uma discussão com sua mulher, Alice.

O ator, de 47 anos, está em Nova Orleans para as filmagens do longa-metragem “The Medallion”, dirigido pelo cineasta Simon West.

Segundo o TMZ, Cage e a mulher começaram a discutir ao discordar sobre o endereço do apartamento que ambos têm alugado na cidade.

O artista estava visivelmente alterado, aparentemente bêbado. Um taxista que o viu gritando com a esposa em plena rua alertou a polícia, que foi ao local e pediu ao casal que fosse para casa.

Cage não deixou por menos e desafiou os policiais. “Por que simplesmente não me prendem?”, disse, quando foi algemado e levado à delegacia.

O site indica que Alice não quer prestar queixa contra o marido e insiste que não houve contato físico durante o incidente.

Duane ‘Dog’ Chapman é um caçador de recompensas e ex-participante de um reality show nos Estados Unidos.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.