Veja como recorrer a uma multa de trânsito

Detranmotorista_jpg

Foi multado e não concorda? Saiba que todo condutor pode recorrer a uma multa de trânsito apresentando sua defesa. O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) explica como o motorista que considera que houve equívoco na aplicação da multa deve proceder para entrar com recurso de infração de trânsito, visando o cancelamento da penalidade.

São três as instâncias em que o motorista pode apresentar sua defesa a partir do momento em que é notificado por uma infração. Primeiramente, o motorista ou proprietário de veículo quando é multado recebe no seu endereço uma Notificação de Autuação informando que ele foi multado e qual a infração cometida. Nesse momento, caso não concorde com a punição e queira comprovar que há erro na aplicação da penalidade, o motorista pode recorrer na Comissão Julgadora de Defesa Prévia (CJDP), que vai analisar a defesa do condutor.

Os interessados devem entrar com o recurso diretamente no órgão que aplicou a penalidade, que pode ser a Prefeitura, em locais onde o trânsito é municipalizado, ou outros órgãos como, por exemplo, o Batalhão de Trânsito (Polícia Militar), o Departamento de Estradas e Rodagens do Estado do Espírito Santo (DER-ES), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) ou a Polícia Rodoviária Federal (PRF), de acordo com o local da infração. O motorista também pode dar entrada no recurso em qualquer unidade do Detran|ES no Estado, que vai remeter o documento para o órgão autuador. É importante observar o prazo informado na notificação.

Ao receber a Notificação de Autuação, se o proprietário do veículo não for o responsável pela infração, ele também pode fazer a indicação do condutor infrator, em casos em que não houve abordagem do agente de trânsito. A Declaração de Indicação do Real Condutor deve ser feita utilizando a própria Notificação de Autuação de Infração de Trânsito, onde constam os campos que devem ser corretamente preenchidos e assinados para que a mesma produza efeito. A notificação traz todas as informações necessárias para que seja feita a indicação de condutor, inclusive o prazo limite para a apresentação da indicação.

A partir da análise do recurso apresentado, se for constatado algum erro, o auto de infração será cancelado, assim como a penalidade.

Notificação de penalidade

Caso o recurso seja julgado improcedente, será imposta a penalidade ao infrator e será emitida a Notificação de Penalidade, onde constará novo prazo para apresentação de recurso à Junta Administrativa de Recursos de Infração (Jari). Esse recurso também pode ser apresentado caso o motorista não recorra no prazo estabelecido para a Defesa da Autuação. A Jari vai analisar a responsabilidade pela infração cometida, bem como as alegações feitas pelo recorrente.

Caso o recurso seja julgado improcedente, o recorrente será notificado do resultado e terá, ainda, o prazo de 30 dias após a notificação para apresentar recurso ao Conselho Estadual de Trânsito (Cetran).

O gerente operacional do Detran|ES, Mauricio Becker, explica que o condutor deve ficar atento aos prazos. “Ao receber a notificação, é importante que o proprietário do veículo ou o condutor observe o prazo que tem para recorrer, para que, dessa forma, o efeito da multa seja suspenso enquanto ocorre o julgamento da defesa. É possível consultar se há multas pendentes e o procedimento a ser adotado para recorrer no site do Detran|ES e, em caso de dúvida, o melhor é entrar em contato com o órgão no Disque Detran pelo telefone 154 ou ir a uma Ciretran ou Posto de Atendimento Veicular (PAV)”, orienta o gerente operacional do Detran|ES, Mauricio Becker.

Endereço atualizado

É importante que todos os proprietários de veículos e motoristas mantenham o endereço atualizado, já que as notificações relativas à aplicação da penalidade de multa, assim como as de penalidades de suspensão do direito de dirigir e cassação da CNH são enviadas para o endereço cadastrado no órgão de trânsito.

As notificações também são publicadas no Diário Oficial depois de esgotadas as tentativas de contato por meio de notificação via remessa postal. O objetivo é que os condutores tomem ciência da penalidade e direito à defesa.

Destaca-se que, segundo o Artigo 282 do Código de Trânsito Brasileiro, a notificação devolvida por desatualização do endereço do proprietário do veículo será considerada válida para todos os efeitos.

Serviço

O recurso à infração de trânsito pode ser feito no órgão que aplicou a penalidade; entregue pessoalmente em qualquer Ciretran ou Posto de Atendimento de Veículos (PAV) do Espírito Santo ou encaminhado pelos Correios para o Detran|ES no endereço: Av. Nossa Senhora da Penha, 1388. Praia do Canto, Vitória, ES, CEP: 29055-131.

O serviço é gratuito

Para mais informações, consulte o site do Detran|ES no endereço www.detran.es.gov.br na aba Veículos – Principais Serviços – Veículo – recurso de infração de trânsito



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.