Lei Rubem Braga abre inscrições para novos projetos culturais

C0612_lei

Os artistas de Cachoeiro de Itapemirim que queiram desenvolver projetos com recursos da Lei Rubem Braga já podem se inscrever na prefeitura. O edital deste ano reserva R$ 450 mil para investimento na cultura do município.

São aceitas propostas em 11 categorias: música; dança; teatro, circo e ópera; cinema, fotografia e vídeo; literatura; artes plásticas, artes gráficas e filatelia; carnaval; folclore e capoeira; artesanato; história, além de acervo e patrimônio cultural de museus e centros culturais.

Nesta edição, foi ampliado de R$ 15 mil para R$ 20 mil o valor máximo concedido por projeto aprovado. Continua sendo maior o teto estabelecido para a área de cinema, fotografia e vídeo, que aumentou de R$ 20 mil para R$ 25 mil.

As inscrições são feitas na sede da Secretaria Municipal de Cultura, localizada no prédio Bernardino Monteiro, praça Jerônimo Monteiro, até o dia 13 de julho. O setor funciona de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Já os projetos devem ser entregues, com toda a documentação exigida, até 24 de julho, no protocolo da Secretaria Municipal da Fazenda, localizada à rua 25 de março, n° 26, Centro.

As propostas serão avaliadas por acadêmicos e membros reconhecidos da classe artística capixaba. O edital completo foi publicado no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (11), que está disponível no site www.cachoeiro.es.gov.br.

Mais de R$ 1,8 milhão para a produção cultural local

Nas últimas seis edições da Lei Rubem Braga, a prefeitura de Cachoeiro contemplou 140 projetos culturais, em todas as áreas abrangidas, com R$ 1,857 milhão.

De 2009 a 2014, a música foi o segmento com o maior número de propostas aprovadas: 34, no total, que receberam um montante de R$ 466.731. Em seguida, vem a literatura, com 25 inscritos, que angariaram R$ 293.097.

A secretária municipal de Cultura, Joana D’Arck Caetano, enfatiza a importância da Lei para o incentivo da produção cultural em Cachoeiro.

“O investimento feito por meio dessa política pública cultural, que foi consolidada nesta gestão, tem dado retorno muito satisfatório, dinamizou e fortaleceu a nossa cena artística. É uma política de governo consistente, de enorme relevância para os agentes culturais”, avalia.



Publicidade


Outras Notícias


Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

São Floriano, padroeiro dos bombeiros

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.