Mais de 300 casos de maus-tratos contra idosos são registrados no ES

Images

Nesta segunda-feira (15) é comemorado o Dia Internacional de Enfrentamento à Violência Contra Pessoa Idosa. Em Vitória, foi criada em 2010, a primeira Delegacia do Idoso do Espírito Santo. A iniciativa permitiu dar um tratamento melhor ao assunto, com novos recursos humanos e materiais, oferecendo aos idosos um tratamento mais digno.

De acordo com o delegado Ademar da Silva Pinto, responsável pela Delegacia do Idoso, de janeiro a maio deste ano, o local já registrou 360 denúncias de agressão contra homens e mulheres que estão na terceira idade. Segundo ele, os casos mais comuns são de violência doméstica.

“Geralmente as denúncias envolvem violência doméstica. São familiares que usam drogas, fazem uso da bebida alcoólica ou até mesmo possuem algum tipo de doença mental”, disse. De acordo com o delegado, os acusados de agressão podem pegar até quatro anos de prisão.

O delegado afirma que a violência atinge todos os níveis sociais. “Registramos casos de familiares que brigam pelos bens materiais dos idosos. Temos casos de familiares que fazem a retenção de proventos do idoso. Eles acabam sofrendo violência por isso. A classe média e a classe alta também fazem parte dessas queixas”, conta.

Por medo, nem sempre os idosos denunciam os maus-tratos. De acordo com delegado, as denúncias são realizadas por familiares, vizinhos ou amigos. “A violência pode ser praticada por alguém muito próximo. Um filho, uma nora, um genro. O idoso fica amedrontado de denunciar essas pessoas. Quando fazem a denúncia, chegam acompanhados por outro familiar ou alguma testemunha”, explicou.

No ano passado, de janeiro a dezembro a delegacia registrou um total de 712 agressões. As denúncias de Violência Contra o Idoso são recebidas presencialmente na delegacia, que fica localizada na Avenida Nossa Senhora da Penha, em Vitória. Ou ainda por telefone através do contato (27) 3227-9545

A Delegacia do Idoso atende aos municípios de Vitória, Cariacica, Vila Velha, Serra e Viana, sendo responsável por apurar crimes praticados contra pessoas de idade igual ou superior a 60 anos. Apuram-se os delitos elencados no Estatuto do Idoso, no Código Penal e na Lei de Contravenções Penais, entre outros.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.