Madrasta é presa por suspeita de matar criança de 3 anos em Cachoeiro

Samuel

A madrasta de um menino de três anos, que morreu no último sábado (4), foi presa na manhã desta segunda-feira (6). Juliana Vicente Pereira, de 25 anos, é suspeita de ter provocado a morte de Samuel Macedo Neves, em Cachoeiro de Itapemirim.

A princípio as informações davam conta de que o menino teria afogado. Ele ficou com a madrasta, na casa do pai, e foi encontrado por ela com a cabeça dentro de um balde com água. Mas também há a suspeita de que a morte não tenha sido por afogamento, mas sim por asfixia.

A causa da morte ainda não foi confirmada, pois, de acordo com a Polícia Civil, o laudo do Departamento Médico Legal (DML) ainda não foi concluído.

Juliana foi detida pelo plantão da 7º Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim, em cumprimento ao mandado de prisão temporária pela provocação voluntária da morte da criança.

Ainda de acordo com a polícia, o delegado Guilherme Eugênio vai ouvir a madrasta e, por isso, ainda não foi definido se a autuação será por lesão corporal seguida de morte ou por homicídio. Pelo fato da Justiça ter acatado o pedido de prisão, ela será encaminhada para Unidade Prisional Provisória de Cachoeiro.



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.