CPI diz que há "bagunça e descontrole" no Detran e pede processo contra Contarato

527409676-1438640689-527368741-cpi-dos-guinchos-030815

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura a existência de uma máfia dos guinchos no Estado pediu nesta segundao-feira (3) que o Ministério Público do Espírito Santo (MPES) processe o diretor do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Fabiano Contarato.

O presidente da CPI dos Guinchos, deputado Enivaldo dos Anjos (PSD), justificou o pedido de ação contra o diretor do Detran pelo MPES. Para o parlamentar, existe uma “bagunça e descontrole do órgão”, o que poderia favorecer desvios e corrução.

Na reunião da CPI, realizada nesta segunda-feira, foram ouvidas as duas proprietárias do Central Park, Auxiliadora Tibero Gomes e Angela Maria Sant’Ana Oliveira, e o procurador da empresa, Dionízio Gomes Júnior.

Durante depoimento, Dionízio afirmou que o dinheiro arrecadado pelo Central Park vai parar nos cofres do Detran por meio do Documento Único de Arrecadação (DUA), antes de retornar para a empresa. Ele afirmou ainda que a empresa tem liberdade para negociar diretamente com os proprietários os descontos nas diárias do pátio.

“O desconto só não é dado nas taxas de remoção e guincho, mas sim nas diárias, limitadas ao mínimo de 31. Somente arrecado quando o carro sai do pátio, porque é nesse momento que é feito o pagamento, então, para mim, é interessante negociar quando o veículo fica mais de 31 dias para que o proprietário o recolha”, disse Dionizio Júnior.

Durante a reunião foi lido um habeas corpus preventivo, concedido pelo desembargador Manoel Rabello, cujo teor garantia às sócias o direito de permanecerem caladas diante da CPI.

Como as sócias foram acompanhadas pelo procurador, Dionízio, todas perguntas foram direcionadas a ele.

Durante seu depoimento, Dionizio Júnior respondeu a todas as perguntas, praticamente, sem precisar de ajuda do advogado. Ele disse que o pai, Dionizio Gomes, foi gerente financeiro do Detran, entre 2004 e janeiro de 2006, e que um tio seu, Antonio Carlos Sant´Ana Gomes, e uma tia, Maria da Penha Sant´Ana Gomes, são oficiais médicos da Polícia Militar, com patentes de coronel e tenente-coronel, ambos já na reserva.

Sobre o faturamento da empresa, Dionízio Júnior afirmou que a Central Park é a empresa que mais fatura com guinchos e estacionamento de veículos apreendidos.

Ele disse que possui em seus pátios cerca de 10 mil veículos. Dionízio Júnior relatou que a empresa foi fundada em 2007 para participar do processo de concessão, então, aberto pelo Detran e estimou seu faturamento médio entre R$ 230 mil e R$ 250 mil.

“Em meses de pico, janeiro, com a cobertura de Guarapari, chegou a R$ 500 mil, mas estamos pagando muitos investimentos e nosso lucro líquido não passa de R$ 20 mil por mês”, salientou.

O ex-diretor do Detran Evaldo Martinelli, que atualmente está à frente da Secretaria de Estado Extraordinária de Ações Estratégicas, confirmou que irá à reunião da CPI na próxima segunda-feira (10). Já o ex-diretor Tarcílio Deorce, que também será convidado para comparecer à reunião, não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Semana passada, embora ainda estivessem em recesso parlamentar, os deputados Enivaldo dos Anjos (PSD), que preside a CPI dos Guinchos, Raquel Lessa (SDD) e Janete de Sá (PMN), que vai relatar a CPI, estiveram em Colatina, no Noroeste do Estado, para saber da população os problemas enfrentados com agentes de trânsito da Polícia Militar, bem como a concessão do estacionamento rotativo a uma empresa privada. Foi uma reunião de quase cinco horas.

O presidente da CPI está se programando para realizar uma reunião semelhante em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo. Graças à ação da CPI Itinerante, alguns municípios, como São Mateus e Linhares, têm se mostrado interessados em receber os parlamentares.

A CPI do Guincho teve sua duração prorrogada por 90 dias e tem prazo para atuação até outubro. Porém, o deputado admite a possibilidade de pedir ao plenário da Casa mais uma prorrogação.

O diretor geral do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), Fabiano Contarato, informa que, no momento, prefere não se manifestar sobre o assunto.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.