Supremo reconduz Doutor Luciano à prefeitura de Itapemirim

Images (1)

Uma decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, tomada na noite desta segunda-feira (24), devolveu o mandato ao prefeito de Itapemirim, no sul do Estado, Luciano Paiva (PSB). O socialista pretende retornar ao cargo ainda nesta terça-feira (25).
No início da tarde desta terça-feira, Doutor Luciano, como é conhecido, estava no Tribunal de Justiça resolvendo os últimos tramites para retornar ao cargo – embora o Tribunal já tivesse recebido a decisão online do STF, é preciso dar ciência à Justiça estadual, para o prefeito retornar ao seu posto. No município, o telefone da prefeitura não atendeu durante toda a manhã.

Paiva falou rapidamente com a reportagem de Século Diário e adiantou que seu objetivo agora é retomar o trabalho, mas afirmou que levará alguns dias para colocar “a casa em ordem”. Ele deixou transparecer ainda que a relação com a vice não será tão pacífica. Viviane Peçanha (PSDB) assumiu a prefeitura desde de 31 de março. Ao ser perguntado sobre a convivência ele disse que “vice atrapalha”.

O prefeito e outros servidores foram afastados pela Justiça, que acatou a denúncia do Ministério Público Estadual (MPES) de ilícitos praticados na contratação de eventos artísticos, contratação de obras de serviços de engenharia e locações de carros. O MPES, ao abrir o procedimento investigatório, pediu o afastamento do prefeito pelo prazo de 60 dias, posteriormente, um novo pedido de afastamento foi acatado pela Justiça estadual, dessa vez por tempo indeterminado

No último dia 20, o prefeito entrou com um pedido de suspensão de liminar no Supremo para reverter o afastamento. Por decisão monocrática, o ministro Ricardo Lewandowski decidiu reconduzir o prefeito.

Na decisão, Lewandowski destaca o risco de o prefeito ser mantido afastado do cargo para o qual foi eleito até o encerramento do mandato, sem que a ação penal chegue ao seu final, o que representaria, na opinião do ministro, uma antecipação dos efeitos de um juízo condenatório.

O retorno de Luciano Paiva à prefeitura de Itapemirim põe ainda mais fogo no cenário eleitoral do próximo ano. Isso porque o município desperta o interesse do presidente da Assembleia Theodorico Ferraço (DEM). A mulher de Ferraço, Norma Ayub (DEM) comandou o município por dois mandatos, mas não conseguiu fazer um sucessor em do seu grupo político.

Ferraço tem interesse na cidade porque Itapemirim é uma das maiores beneficiárias de royalties de petróleo do Estado, o a torna bem mais interessante politicamente para o demista do que Cachoeiro de Itapemirim, sua principal base eleitoral, que vive hoje cm problemas financeiros e grande demanda da população. a torna bem mais interessante politicamente para o demista do que Cachoeiro de Itapemirim, sua principal base eleitoral, que vive hoje cm problemas financeiros e grande demanda da população.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.