Omissão do Ibama levará peroá à extinção na costa do Espírito Santo

Peruá

A omissão do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em fiscalizar a pesca do peroá – capturados em grandes quantidades, e ainda filhotes – extinguirá a espécie na costa capixaba. A pesca predatória é feita inclusive com traineira de outros estados, particularmente do sul do País. A denúncia é do deputado Gilsinho Lopes (PR), feita na tribuna da Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (24).
O peroá já esteve sumido das costas do Espírito Santo por vários anos. A causa foi a pesca predatória realizada por anos a fio. Depois, sem pesca de quantidades substanciais, o peixe voltou em abundância este ano.

O preço então despencou, caindo para até R$ 4,00 o quilo, ou menos, em vários municípios costeiros. A costa capixaba, com estoque abundante, atrai ainda mais os barcos do sul do País, maiores. Que passam a fazer a pesca de arrasto, da mesma maneira que muitos pescadores do próprio Espírito Santo. Os barcos voltam lotados para as suas origens, mas com filhotes de peroás. Cargas de 50 a 70 toneladas, afirmou o deputado.

Até os que vendem pescado estão reclamando. Em vídeo apresentado pelo deputado Gilsinho Lopes, um comerciante denunciou a matança de filhotes de peroá, com tamanho de até dez ou 15 centímetros. Afirmou que no verão não haverá pescado de bom tamanho para atender a demanda dos turistas.

O deputado, além de denunciar a omissão da Superintendência do Ibama no Espírito Santo, exigiu que o órgão fiscalize a pesca do peroá imediatamente. E mantenha a vigilância.

Há várias outras espécies que correm risco pela super exploração. Além da pesca, há ainda a destruição dos estoques pela expansão de portos, de indústrias poluidoras e pela exploração do pré-sal. Os portos são construídos sem nenhum respeito às decisões dos especialistas em ambiente, como é o caso da Manabi.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.