Promotor atira para intimidar dupla que estaria o perseguindo em Marataízes

Xodo-marataizes

Um promotor de justiça de Marataízes, litoral sul do Estado, efetuou disparos em frente à casa dele, no bairro Xodó, na tentativa de intimidar dois suspeitos em uma moto, que estariam o perseguindo. O fato aconteceu por volta das 20h30 de quarta-feira (26), no momento em que o promotor, de 54 anos, voltava do trabalho.

De acordo com o delegado Djalma Lemos, que investiga o caso, o promotor disse que sentiu estar sendo seguido pelos dois ocupantes da moto, que estariam fazendo o mesmo trajeto que ele por várias ruas. Ao chegar na porta de casa, com medo de descer do veículo e sofrer algum atentado, o promotor, que estava armado, atirou para cima para assustar a dupla. Os dois suspeitos fugiram e ainda não foram localizados.

“Ele sentiu que estava sendo seguido, ficou preocupado e deu tiros para o alto para espantar os dois. Mas pode ser que não tenha sido nenhuma ameaça. Hoje em dia, com a violência que vivemos, andamos mais desconfiados mesmo. De qualquer forma estamos investigando e tentando localizar testemunhas que estiveram no local para saber se elas conseguiram identificar os suspeitos”, frisou o delegado.

Djalma conta, no entanto, que os disparos acabaram provocando uma briga de vizinhos no local, envolvendo o próprio promotor. Segundo um delegado, um oficial da Polícia Militar mora no mesmo prédio que o promotor e desceu armado após ouvir os disparos.

“O oficial estava em casa e ouviu os tiros. Quando eles cessaram, o policial desceu armado para ver o que estava acontecendo. Logo depois chegou uma viatura da Polícia Militar, que alguém acionou, e os policiais da guarnição viram o oficial armado, mas não sabiam que ele era. Houve uma confusão no local e o oficial e o promotor acabaram discutindo, já que nunca se deram bem como vizinhos”, contou Djalma.

Fonte: Folha Vitória



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.