Trabalhadores do INSS mantêm greve no Estado

Inss

Os trabalhadores do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) no Estado realizaram assembleia na tarde desta sexta-feira (18) e decidiram manter a greve deflagrada em 15 de julho. Os servidores realizarão nova assembleia na segunda-feira (21) e aguardam nova proposta do governo federal, por escrito.

Nacionalmente, o movimento teve início no dia 7 de julho. “A greve é legítima, legal. É um direito do trabalhador. Ainda estamos negociando e aguardando o governo enviar uma proposta oficial”, disse o diretor do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social no Estado (Sindprev-ES), Willian Aguiar.

Entre as diversas reivindicações dos trabalhadores federais estão uma política salarial permanente com correção das distorções e reposição das perdas inflacionárias; reajuste linear de 27,3%; data-base em 1° de maio; incorporação de todas as gratificações produtivistas; e paridade salarial entre ativos e aposentados.

Com relação à negociação, o governo apresentou nova proposta de 10,8% de reajuste dividida em dois anos (2016/2017) no dia 3 de setembro, mas ela ainda não satisfez a categoria, que definiu manter a greve.



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.