Suspeitos de matar homem com golpes de barra de ferro e incendiar o corpo são presos em Castelo

Sem-titulo

Dois suspeitos de assassinar José Valentim Libardi na última quarta-feira (23) foram presos na noite da última sexta-feira (25), em Castelo, região sul do Espírito Santo.

Policiais da Delegacia de Castelo prenderam os suspeitos identificados como Celso Santana de Farias, mais conhecido como Celsinho e Kauene Amaral de Souza, conhecido como Caçula por volta das 22 horas.

No dia 23 de setembro, o corpo de José foi encontrado no terreno de um Posto de Saúde, já em estado de decomposição. A Polícia Civil foi até o local e encontraram o corpo da vítima, que tinham vários ferimentos na cabeça, além de estar parcialmente queimado.

Enquanto a perícia realizava os trabalhos, os policiais começaram as investigações e horas depois, já identificaram os principais suspeitos. Celsinho e Caçula foram vistos as margens da BR 262, próximo a Pedra Azul.

Os suspeitos foram conduzidos para a 11º Delegacia Regional, em Venda Nova do Imigrante e em seguida para o Departamento de Polícia de Castelo. Os dois confessaram o crime.

Segundo os suspeitos, o crime foi motivado porque um queria beber mais cachaça que o outro e por isso começou uma discussão. Após o crime, Celsinho e Caçula disseram que colocaram um colchão em cima de João e atearam fogo.

Os acusados foram encaminhados ao Serviço Médico Legal de Cachoeiro de Itapemirim para realizarem exame de corpo de delito e em seguida serão levados ao Centro de Detenção Provisória da Cidade de Cachoeiro de Itapemirim, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Para o Delegado Titular da DP de Castelo, Thiago da Silva Teixeira, a prisão dos suspeitos em menos de 48 horas após o corpo ter sido encontrado, de alguma forma irá deixar a família da vítima mais confortada.

Fonte: Folha Vitória



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.