Cachoeiro de Itapemirim demite, cancela obras e suspende carnaval

Casteglione_-_guilherme_ferrari

O prefeito Cachoeiro de Itapemirim, na região Sul, Carlos Casteglione (PT), anunciou nesta quarta-feira (30), uma série de medidas de economia que inclui, além da redução do expediente, demissões, extinção de secretarias da cidade e suspensão do carnaval.
A crise financeira que atinge a maioria dos municípios do Espírito Santo fará com que, a partir da próxima segunda-feira (5), a prefeitura feche as portas mais cedo.
O petista cortará 20% dos cargos comissionados, cinco pastas e já adiantou que não fará obras previstas nos bairros no ano que vem. Além disso, eventos também estão cancelados – a começar pelo carnaval de 2016.
De acordo com Casteglione, o conjunto de ações foi tomado por conta das quedas acentuadas dos repasses federais e de ICMS – cerca de R$ 13,6 milhões. Com os cortes, a prefeitura prevê reduzir até o fim do ano R$ 6,5 milhões.
A partir de segunda, a prefeitura passa a funcionar das 7h às 13h. As exceções serão as secretarias da Saúde, Educação, Fazenda, Controladoria e Procuradoria, que continuarão funcionando até as 18 horas, como ocorre atualmente.
Comissão
As obras do Orçamento Participativo, escolhidas este ano para execução em 2016, estão suspensas. Uma comissão interna será criada para reduzir 20% dos cargos comissionados em 60 dias.
“A comissão vai estudar uma reorganização na prefeitura. As metas serão definidas por mim para enfrentar o momento presente e preparar a prefeitura para o próximo ano. O estudo também irá extinguir de cinco secretarias”, pontuou Casteglione.
O prefeito afirmou ainda que o Programa de Saúde da Família (PSF) poderá ser readequado, incorporando bairros próximos às equipes.

Fonte: A Gazeta



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.