Servidores do Judiciário, em greve, fazem buzinaço no centro de Cachoeiro

735687401-captura-de-tela-2015-10-07-20-23-26

Em Cachoeiro de Itapemirim, um buzinaço nesta tarde de quarta-feira (7), pelas principais ruas do centro da cidade, marcou o primeiro dia de greve do Judiciário.

O protesto é contra o pagamento do auxílio-moradia no valor de quase cinco mil reais aos juízes capixabas e aconteceu, simultaneamente, em outras cidades do Estado. No Sul do Estado, a greve é acompanhada por Cachoeiro de Itapemirim e Venda Nova do Imigrante.

Em Venda Nova do Imigrante os manifestantes também saíram em caminhada com um buzinaço de repúdio à concessão deste benefício aos magistrados do Estado.

No Fórum Desembargador Horta de Araújo, em Cachoeiro, o atendimento está sendo feito com apenas 30% do efetivo, em sistema de plantão judiciário.

Indignação dos grevistas

De acordo com informações do boletim do Sindijudiciários do Espírito Santo, o Judiciário capixaba é o terceiro que mais gasta no Brasil, mas está nos últimos lugares em desempenho. Informações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) afirmam que os juízes do Espírito Santo estão em penúltimo lugar no ranking nacional de produtividade e que, dos 332 juízes, apenas 15 alcançaram a meta de trabalho estipulada pelo CNJ.

A indignação da classe grevista é por motivo dos juízes receberem mensalmente quase cinco mil reais de auxílio-moradia. Verba que não precisa ter sua utilização comprovada em recibos e nem é declarada no Imposto de Renda.

Fonte: Folha Vitória



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.