PROVAS DO ENEM SÃO PROTEGIDAS POR SOLDADOS DO EXÉRCITO NO ES

Soldado

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já chegaram ao Espírito Santo e estão protegidas por soldados do Exército. Elas foram armazenadas no 38º Batalhão de Infantaria (38º BI), na Prainha, em Vila Velha, sob forte sistema de segurança com cadeados, câmeras, sensores de presença e guardas a postos.

O exame acontece nos próximos sábado (24) e domingo (25), com início às 13h30. Os portões dos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 13h.

Segundo o capitão Albuquerque, relações públicas do Batalhão, na porta que dá acesso ao local onde estão as provas há dois cadeados que só poderão ser abertos no dia da distribuição, data que, segundo ele, não pode ser revelada por questão de segurança.

Albuquerque explicou também que uma das chaves está sob o poder do diretor regional dos Correios e a outra de um oficial do Exército que, somente poderão liberar o acesso juntos. “A sala só poderá ser aberta na presença dos dois e no dia da distribuição das provas”, ressalta o relações públicas do Batalhão.

Monitoramento
Para garantir a segurança, no local também há câmeras de videomonitoramento, sensores de presença e oficiais a postos. Ele explicou que essas ferramentas não são novas, mas fazem toda a diferença.

O oficial não revelou a quantidade de provas armazenadas, limitando-se a informar o total de inscritos, que é de 153.877 candidatos, ao todo. As provas chegaram ao 38º Batalhão de Infantaria, na Prainha, há oito dias.

Boato
Desde domingo, imagens dos supostos cadernos de prova rosa e azul e da prova de redação, abordando questões como intolerância religiosa no Brasil e malefícios e benefícios da terceirização, estão circulando pela internet. Algumas dessas imagens foram denunciadas por um professor de Recife.

Mas o Ministério da Educação (MEC) garantiu que todas as imagens são falsas e que o caso será encaminhado para investigação da Polícia Federal.

O MEC chegou a postar uma advertência alertando sobre as provas falsas, em sua página no Facebook. A publicação contou com 10.113 curtidas e 4.201 compartilhamentos.

Esquema montado
O esquema de segurança está mais rígido neste ano em todo o país. A Polícia Federal fez cruzamentos de dados de candidatos para verificar riscos de fraude.

Além disso, antes de chegar à sala de prova, candidatos terão de passar por detectores de metais. Os aparelhos foram instalados também nos banheiros.

As 16.600.734 provas impressas serão distribuídas para as salas por meio de 10.854 rotas. Serão mobilizados 60 batalhões do Exército, que vão fiscalizar 64.190 malotes, equipados com cadeado eletrônico, o que possibilita o controle do horário de abertura de provas.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.