Rodovias estaduais passarão a ter cobrança de pedágio, no ES

1_br_259-4033104 (1)

Rodovias estaduais de norte a sul do Espírito Santo, vão contar com cobrança de pedágio. O estudo de concessão das vias para a iniciativa privada começou em setembro deste ano. E as primeiras conclusões apontam que há viabilidade econômica para a implantação.

A primeira região oferecida ao mercado será a de Colatina, região Noroeste do estado. Em seguida estão trechos na região de Aracruz e de Cachoeiro de Itapemirim. Serão concedidos 870 quilômetros de extensão, que cortam 16 cidades.

“O estudo inicial foi conduzido por uma equipe técnica do próprio Departamento de Estradas de Rodagem do Estado (DER-ES), e agora será oferecida para o mercado fazer suas contribuições”, explica o diretor-geral do DER-ES, Halpher Luigi.

Nessa fase, empresas privadas podem fazer novos estudos, aprofundando-os os iniciais, com o intuito de ratificar a viabilidade econômica e apresentarem modelos de cobrança.
“Essa viabilidade é mensurada quando comprovam que o valor a ser cobrado é menor que o benefício que poderá ser oferecido para os usuários das vias”, pontua Luigi. Não há um limite de empresas que poderão contribuir com esse aprofundamento.
Comprovada, então, a viabilidade econômica, o DER-ES passa a autorizar as empresas a desenvolver os projetos de engenharia, que deve acontecer até o final de janeiro de 2016.
Rodovias estaduais de norte a sul do Espírito Santo, vão contar com cobrança de pedágio. O estudo de concessão das vias para a iniciativa privada começou em setembro deste ano. E as primeiras conclusões apontam que há viabilidade econômica para a implantação.

A primeira região oferecida ao mercado será a de Colatina, região Noroeste do estado. Em seguida estão trechos na região de Aracruz e de Cachoeiro de Itapemirim. Serão concedidos 870 quilômetros de extensão, que cortam 16 cidades.

“O estudo inicial foi conduzido por uma equipe técnica do próprio Departamento de Estradas de Rodagem do Estado (DER-ES), e agora será oferecida para o mercado fazer suas contribuições”, explica o diretor-geral do DER-ES, Halpher Luigi.

Nessa fase, empresas privadas podem fazer novos estudos, aprofundando-os os iniciais, com o intuito de ratificar a viabilidade econômica e apresentarem modelos de cobrança.
“Essa viabilidade é mensurada quando comprovam que o valor a ser cobrado é menor que o benefício que poderá ser oferecido para os usuários das vias”, pontua Luigi. Não há um limite de empresas que poderão contribuir com esse aprofundamento.
Comprovada, então, a viabilidade econômica, o DER-ES passa a autorizar as empresas a desenvolver os projetos de engenharia, que deve acontecer até o final de janeiro de 2016.
Depois da apresentação dos projetos, o DER começa a fase de análise e definição dos tipos de concessão. “Nesse período, que irá até julho de 2016, serão traçados como será a forma de concessão e cobrança”, disse.

Os trechos foram divididos em polo. Confira:
Polo Colatina – 287km
BR 259 – Colatina a João Neiva
BR 259 – Contorno de Colatina
BR 259 – Colatina a Baixo Guandu
ES 080 – Colatina a Angelo Frethiani
ES 137 – São Domingos a Nova Venécia
ES 248 – Na intercessão da BR 259 – BR 101 – Linhares

Polo Aracruz – 229 Km
ES 115 – Manguinho a Nova Almeida (ES 264)
ES 115 – Nova Almeida a Santa Cruz
ES 010 – Santa Cruz a Vila do Riacho
ES 010 – Vila do Riacho a ES 440
ES 445 – Vila do Riacho a BR 101
ES 257 – Ibiraçu a Aracruz
ES 257 – Aracruz a Portocel
ES 124 – Aracruz até Guaraná
ES 456 – Aracruz a Coqueiral
ES 124 – Aracruz a Santa Rosa
ES 124 – Santa Rosa até o Contorno de Nova Almeida
ES 124 – Contorno de Nova Almeida a Praia Grande

Polo Cachoeiro – 354Km
ES 490 – Safra a Marataízes
ES 145 – Campo Acima a ES 487
ES 145 – ES 487 até o Contorno de Guarapari
ES 482 – Safra até Cachoeiro (Trevo)
BR 393 – Cachoeiro (Trevo) a Aeroporto
ES 489 – Aeroporto a Atílio Vivacqua
ES 289 – Atílio Vivacqua a BR 101
ES 482/BR482 – Cachoeiro (Trevo) até Coutinho
ES 482/BR482 – Coutinho a ES 181 (Alegre)
ES 166 – Coutinho a Castelo
ES 486 – Coutinho a Itaoca
ES 488 – Cachoeiro a Frade
BR 482 – Contorno de Cachoeiro
ES 145 – Campo Acima a Campo Novo
ES 060 / ES 297 – Campo Novo até Dívida (RJ)
ES 162 – BR 101 a Campo Novo
ES 487 – ES 145 a BR 101
ES 375 – ES 145 a BR 101
ES 146 – ES 150 até a BR 101

Fonte: G1



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.