Exército vai ajudar a combater Aedes aegypti no Estado

Exercito

Na noite desta segunda-feira (07) o governador do Estado, Paulo Hartung, recebeu retorno positivo sobre um pedido que havia feito ao Governo Federal para autorizar que o efetivo do Exército Brasileiro, lotado no 38º Batalhão de Infantaria, em Vila Velha, seja utilizado nos mutirões municipais de combate ao mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, chikungunya e a Zika. Hartung recebeu a notícia do comandante do 38º Batalhão de Infantaria do Exército, coronel Edson Massayuki Hiroshi, que por telefone informou que nesta terça-feira (08) os militares já estarão nas ruas.

O Espírito Santo registrou, entre 04 de janeiro e 28 de novembro deste ano, 35.388 casos de dengue. Já em relação ao Zika vírus, o Estado registrou, até a última terça-feira (01), 185 casos suspeitos da doença, sendo que cinco desses foram confirmados laboratorialmente (04 em Vitória e 01 em Vila Velha). O Zika vírus também causa grande preocupação por estar relacionado ao aumento de casos de microcefalia registrados em bebês. Até a última terça-feira (01), a Secretaria de Estado da Saúde recebeu notificação de três bebês nascidos com microcefalia, 10 grávidas com doença exantemática(manchas vermelhas na pele) e oito gestantes com bebês com microcefalia. Os casos estão sendo investigados.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.