Justiça recebe ação de improbidade contra ex-prefeito de Alegre

Jose

A juíza da 1ª Vara de Alegre (região Caparaó), Graciene Pereira Pinto, recebeu uma denúncia de improbidade contra o ex-prefeito do município, José Guilherme Gonçalves Aguilar, por suspeitas de irregularidades na contratação de enfermeiros, entre os anos de 2011 e 2012. Na decisão publicada nesta quinta-feira (17), a togada determinou a notificação do ex-prefeito e do ex-secretário de Saúde, Paulo Cassa Domingues, que também se tornou réu na ação, para responder às acusações feitas pelo Ministério Público Estadual (MPES).

Na denúncia inicial (0003247-96.2014.8.08.0002), a promotoria local apontou indícios de favorecimento de parentes e amigos de aliados políticos e do então secretário nas contratações, que não foram precedidas de concurso público ou qualquer tipo de processo seletivo. O Ministério Público sustenta que os dois foram responsáveis pelas nomeações dos enfermeiros que teriam violado os princípios da administração pública.

Na decisão pelo recebimento da ação, a juíza destacou a existência de indícios mínimos da prática de improbidade. “Ainda que não se encontre prova do vínculo biológico entre alguns dos profissionais contratados e os requeridos ou seus aliados políticos, entendo que a matéria controversa diz respeito à regularidade da contratação destes profissionais, eis que as mesmas teriam ocorrido à margem da realização de concurso público”, afirmou.

Durante a fase preliminar da ação, a defesa do ex-prefeito Zé Guilherme alegou que os atos seriam de responsabilidade do então secretário, mas a tese foi descartada sob alegação da possível existência de “dolo genérico de consentir com contratação irregular de enfermeiros”, apontou na decisão assinada no último dia 29. A decisão pelo recebimento da denúncia ainda cabe recurso por parte dos réus.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.