Estudante morta a tiros em Itapemirim pode ter sido atraída para local de crime

0318_-_ruth-1

O assassinato de uma estudante na noite da última quarta-feira (16), no balneário de Itaoca, em Itapemirim, no litoral sul capixaba, intriga a polícia. Como o crime aconteceu em uma rua de pouco movimento, hão há testemunhas e não há câmeras de videomonitoramento no local. Ruth Verheyen Rohr, de 31 anos, foi morta com três tiros, que atingiram sua cabeça, tórax e costas.

O crime aconteceu por volta das 23 horas, na rua Mariano Ferreira, próximo à residência da vítima. Ela chegou a ser socorrida com vida até o Hospital Menino Jesus, mas não resistiu e faleceu durante a madrugada.

De acordo com o delegado de Itapemirim, Thiago Viana, não há uma linha específica de investigação. “Não tem testemunhas para o crime. O local onde aconteceu o crime tem bastante casas, mas os moradores não viram ninguém próximo, apenas ouviram os disparos e saíram para ver o que era e encontraram a vítima”, comenta o delegado.

Segundo ele, a polícia investiga se a vítima retornava da escola ou se já estava em casa e foi atraída para o local onde foi atingida com os tiros. “O aparelho celular dela estava em casa, assim como os documentos. Ainda não sabemos se ela voltava da escola ou se já estava em casa e foi até o local do crime. Provavelmente, a pessoa que cometeu o crime conhecia Ruth”, explica.

Thiago Viana ressaltou ainda que está ouvindo familiares e amigos de Ruth para saber se tinha algum desafeto. “A mãe dela mora em Rio Novo do Sul e uma irmã mora em Itaipava. Ela morava sozinha em Itaoca. Estamos tentando descobrir se ela tinha algum inimigo, ou problemas com algum ex-namorado. As investigações ainda estão no início”, completa o delegado.

Fonte: Viaes



Publicidade


Outras Notícias


Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

São Floriano, padroeiro dos bombeiros

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.