HOMEM É ACUSADO DE ABUSO SEXUAL

Estupro

Clemildo de Azevedo Lima, de 29 anos, foi linchado por populares na tarde de domingo (27), no bairro Village da Luz, em Cachoeiro de Itapemirim – ES, após, supostamente, ter abusado sexualmente de um adolescente de 14 anos.

De acordo com informações policiais, por volta das 16h30, militares foram acionados via 190 com a informação de que moradores haviam detido um homem suspeito de abuso sexual. Ao chegar no local, os PMs encontraram Clemildo sendo espancado por moradores que o acusaram de abusar de um adolescente.

Após ser atendido no Pronto Socorro do “Paulo Pereira”, o agressor foi encaminhado para o plantão da 7ª Delegacia Regional.

A mãe da vítima disse em entrevista que foi filho foi pego pelo pescoço e lavado para uma casa, onde foi amarrado e abusado sexualmente. Um vizinho teria ouvido os gritos do garoto e o ajudou.

Segundo o delegado titular da Delegacia de Infrações Penais Outras (Dipo), Felipe Vivas, Clemildo foi autuado em flagrante e está detido no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro. “Um exame de conjunção carnal que vai comprovar se houve a penetração deve ficar pronto nos próximos dias. Nós temos o prazo de 10 dias para encaminhar o inquérito ao Judiciário”, disse Vivas.

Fonte: O fato



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.