Sindipol denuncia precariedade do Serviço Médico Legal de Cachoeiro de Itapemirim

Iml

No local, falta espaço físico e para a realização do serviço de perícia, além de efetivo policial para atender à demanda.

O SML conta apenas com um policial civil por plantão para atender a todos os casos de perícia que chegam à unidade. Além disso, no cartório, enquanto o número de policiais diminui constantemente (uma servidora se aposentou recentemente), aumenta o número de laudos a serem confeccionados, sobrecarregando ainda mais os policiais.

Também faltam materiais de trabalho para os policiais que atuam na unidade. Os servidores tiveram, inclusive de improvisar, em uma maca velha, uma mesa para exame pericial. Esta maca era utilizada para fazer a transferência de corpo entre a viatura e a sala de necropsia.

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sindipol-ES) denunciam ainda, que as condições estruturais do SML estão longe de serem apropriadas para que os policiais que atuam no local prestem serviço de qualidade.



Publicidade


Outras Notícias


Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

São Floriano, padroeiro dos bombeiros

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.