Acusado de assaltar casa em Pedra Azul é preso dormindo em cima da arma do crime

A polícia prendeu um dos suspeitos de assaltarem uma casa na região de Pedra Azul, em Domingos Martins, região serrana do Estado. Jonatan Santana Marinho, de 19 anos, foi preso em casa, em Guarapari, na última quinta-feira (12), mas a polícia só divulgou a realização da operação nesta quarta (18). Outros dois suspeitos de cometerem o crime, há pouco menos de um mês, continuam foragidos.

Jonatan foi preso no início da manhã, na casa em que mora com a família, no bairro Camurugi, durante operação conjunta das polícias Civil e Militar de Domingos Martins e de Guarapari. Segundo a polícia, no momento da prisão, o rapaz estava dormindo sobre o revólver que teria sido utilizado no assalto em Pedra Azul.

A arma, carregada com seis munições intactas, estava embaixo da barriga de Jonatan. Ela foi apreendida, juntamente com sete munições que foram encontradas dentro de uma sacola. Além disso, a polícia encontrou com o suspeito dois pássaros silvestres, que também foram recolhidos.

Contra o rapaz, havia um mandado de busca e apreensão, por causa de um notebook e um celular que ele teria roubado durante o assalto. No entanto, segundo a polícia, como o revólver apreendido não fazia parte do mandado judicial, Jonatan foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma.

Já o material que teria sido levado durante o roubo em Pedra Azul não foi localizado. Aos policiais, o suspeito disse que chegou a ficar com o celular, mas acabou perdendo-o.

Jonatan foi conduzido para a Delegacia de Pedra Azul, onde prestou depoimento e confessou ter participado do assalto. Ele disse que o grupo utilizou duas motos para praticar o crime. Os bandidos teriam saído de Guarapari, em direção a Pedra Azul, passando por estradas desertas, justamento para fugir da fiscalização da polícia.

Ainda segundo a polícia, Jonatan já possui diversas passagens pela Justiça, inclusive quando era menor, por crimes como tentativa de homicídio, porte ilegal de arma, roubo e tráfico de drogas. Ele foi conduzido para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarapari.

O crime

O assalto do qual o rapaz teria participado aconteceu no início da madrugada do dia 23 de abril, por volta das 0h05. Segundo a polícia, três criminosos participaram da ação.

Dois deles teriam entrado armados e encapuzados em uma residência, localizada às margens da Rodovia Geraldo Sartório (ES-164), e rendido o casal de moradores. Ainda de acordo com a polícia, foram roubados um notebook, um celular e dinheiro.

As investigações continuam e a polícia está atrás dos outros dois participantes do assalto. Quem tiver qualquer informação que possa ajudar o trabalho da polícia deve entrar em contato com o disque-denúncia, pelo telefone 181. Não é preciso se identificar.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.