Papa vai conhecer programas contra a fome criados no Brasil

Papa

Na próxima segunda-feira, 13, o Papa Francisco vai visitar a sede do Programa Mundial Alimentar (PMA), em Roma, que pela primeira vez vai receber a visita de um Pontífice. Atualmente, em parceira com 11 mil Ong’s, o PMA atende mais de 80 milhões de pessoas em 80 países.

A resposta às emergências é uma das principais atividades do Programa, mas as políticas de segurança alimentar e desenvolvimento também são objetivos primários.

Exemplo brasileiro

No PMA, Francisco vai conhecer programas de segurança alimentar que nasceram no Brasil e hoje inspiram governos do mundo inteiro. “Fome Zero” é o atual lema do Programa Mundial Alimentar para acabar com a fome até 2030. E não é coincidência: a inspiração é brasileira.

A partir de 2010, os resultados das políticas públicas de combate à fome e à pobreza no Brasil credenciaram o país a exportar técnicas e conhecimentos. Em 2011, as Nações Unidas e o governo brasileiro criaram o Centro de Excelência contra a fome, com sede em Brasília.

Hoje, o Centro é referência para 37 países da América Latina, Ásia e África na busca de soluções sustentáveis para erradicar a fome.

Atualmente, alguns dos principais programas do PMA adaptam a experiência brasileira à realidade de inúmeros países, como é o caso do Programa de Aquisição de Alimentos (PPA) e do Aquisição para o Progresso (P4P), em inglês.

Visita do Papa

O brasileiro Maurício Burtet, é o oficial de Programas no PMA em Roma. Ele já esteve em missão em alguns países da África e ressalta a importância do apoio dado pelo Papa Francisco no combate à fome.

“Papa Francisco tem dado um apoio fantástico na questão do combate à pobreza e à fome no mundo, trazendo à luz questões como a importância de nós tratarmos os problemas climáticos do mundo, a importância de tratarmos da questão dos refugiados. Então o Papa tem dado a voz dele, a visibilidade que ele traz para a questão do combate à pobreza e à fome. 1 a cada 9 pessoas do mundo sofre com a fome. Então nós precisamos do apoio de todos, inclusive, principalmente utilizando a visibilidade que o Papa pode dar para a questão do combate à pobreza e à fome”



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.