Papa vai conhecer programas contra a fome criados no Brasil

Papa

Na próxima segunda-feira, 13, o Papa Francisco vai visitar a sede do Programa Mundial Alimentar (PMA), em Roma, que pela primeira vez vai receber a visita de um Pontífice. Atualmente, em parceira com 11 mil Ong’s, o PMA atende mais de 80 milhões de pessoas em 80 países.

A resposta às emergências é uma das principais atividades do Programa, mas as políticas de segurança alimentar e desenvolvimento também são objetivos primários.

Exemplo brasileiro

No PMA, Francisco vai conhecer programas de segurança alimentar que nasceram no Brasil e hoje inspiram governos do mundo inteiro. “Fome Zero” é o atual lema do Programa Mundial Alimentar para acabar com a fome até 2030. E não é coincidência: a inspiração é brasileira.

A partir de 2010, os resultados das políticas públicas de combate à fome e à pobreza no Brasil credenciaram o país a exportar técnicas e conhecimentos. Em 2011, as Nações Unidas e o governo brasileiro criaram o Centro de Excelência contra a fome, com sede em Brasília.

Hoje, o Centro é referência para 37 países da América Latina, Ásia e África na busca de soluções sustentáveis para erradicar a fome.

Atualmente, alguns dos principais programas do PMA adaptam a experiência brasileira à realidade de inúmeros países, como é o caso do Programa de Aquisição de Alimentos (PPA) e do Aquisição para o Progresso (P4P), em inglês.

Visita do Papa

O brasileiro Maurício Burtet, é o oficial de Programas no PMA em Roma. Ele já esteve em missão em alguns países da África e ressalta a importância do apoio dado pelo Papa Francisco no combate à fome.

“Papa Francisco tem dado um apoio fantástico na questão do combate à pobreza e à fome no mundo, trazendo à luz questões como a importância de nós tratarmos os problemas climáticos do mundo, a importância de tratarmos da questão dos refugiados. Então o Papa tem dado a voz dele, a visibilidade que ele traz para a questão do combate à pobreza e à fome. 1 a cada 9 pessoas do mundo sofre com a fome. Então nós precisamos do apoio de todos, inclusive, principalmente utilizando a visibilidade que o Papa pode dar para a questão do combate à pobreza e à fome”



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.