Celulares são principais alvos dos criminosos em Cachoeiro. Confira as dicas da PM!

Poli

O aparelho celular é um dos principais alvos dos criminosos em todo o país. Por ser um equipamento eletrônico com alto valor de mercado e ter um tamanho relativamente reduzido, são fáceis de transportar, facilitando a ação de criminosos que se aproveitam de pequenas distrações e oportunidades para cometer furtos e roubos. Para evitar problemas, a Polícia Militar orienta sobre os cuidados que devem ser tomados.

De acordo com o comandante do 9º Batalhão, tenente coronel Alessandro Marin, é de extrema importância que a vítima registre o boletim de ocorrência. Além de o registro oferecer auxílio às forças policiais e mapearem os locais mais visados pelos criminosos, ele possibilita que os aparelhos sejam bloqueados, mesmo que para uso em outras linhas.

Além disso, o tenente coronel ressalta que a mudança de hábito pode dificultar a ação do criminoso. “O crime normalmente ocorre pela contribuição de três agentes: do criminoso, do ambiente e da vítima. Considerando essa regra temos observado que o comportamento das vítimas em Cachoeiro e região têm contribuído muito para criação de oportunidades ao criminoso que visa a subtração dos aparelhos. Com uma mudança de postura das pessoas nas ruas é possível reduzir a possibilidade de se tornarem vítimas desses crimes”, comenta.

Por outro lado, apesar da Polícia Militar trabalhar para evitar que esses crimes ocorram em larga escala. Em muitas ocorrências, as vítimas são surpreendidas pelos criminosos por estarem distraídas, até mesmo utilizando o celular. Segundo a PM, o roubo ou furto de aparelho celular se tornou uma epidemia nas cidades de grande e médio porte, e não é diferente em Cachoeiro.

“Com os esforços das forças de segurança na prevenção e identificação desses marginais, somente com uma melhor postura das pessoas é que conseguiremos caminhar para redução nesses índices. Além disso, colocamos nossos canais de denúncia 181 ou (28) 3636.2020 à disposição para participação popular”, completa Marin.

Dicas importantes:

1 – Não o carregue à mostra em ruas de grande movimento e transporte público. Procure levar no bolso e com o modo vibrador acionado.

2 – Em bares, restaurantes, cafeterias e casas noturnas, jamais deixe o aparelho sobre a mesa ou balcão. Ao entrevistar bandidos em cadeias públicas, ouvi diversas vezes a seguinte afirmação: “Aquilo que não vejo, não tenho como desejar”.

3 – Cuidado extremo ao atender chamadas em vias públicas. Se for ligação urgente, entre em algum estabelecimento comercial, você poderá falar com tranquilidade e o nível de segurança será bem maior.

4 – Em coletivos, não use celular se estiver sentado próximo à janela e com vidro aberto, pois uma mão sorrateira poderá invadir o interior do ônibus e com rapidez e destreza subtrair o aparelho.

5 – Procure usar fone de ouvido acoplado ao celular, e use de discrição, principalmente em lugares de grande movimento. Cuidado para que o celular não se torne um “vício” em sua vida. Assim como existem usuários que falam ao celular até embaixo do chuveiro, encontramos pessoas desatentas que compulsivamente se veem obrigadas a atender chamadas em qualquer local, mesmo sabendo da possibilidade de roubo.

6 – Não carregue celular em balada. Antes de ir, procure saber se o local conta com chapelaria. Se não tiver, deixe o aparelho em casa ou esconda-o no interior do carro, se estiver em estacionamento privado.

7 – Geralmente, temos em casa celular antigo e baratinho que não usamos mais. Quando for a lugares com maior risco de assaltos, utilize esse aparelho reserva, assim, no caso de ser vítima de bandidos, pelo menos o prejuízo será bem menor.

8 – Jamais deixe o celular à mostra no interior de veículo.

9 – Dirigir e falar ao telefone é uma das infrações de trânsito mais cometidas pelos motoristas. O Código de Trânsito Brasileiro prevê ao infrator multa de R$ 85,13, além de adicionar quatro pontos na CNH, sem contar o risco de abordagem criminosa.

10 – Se seu celular possui tecnologia 3G, instale programa rastreador, pois em caso de subtração aumenta, sobremaneira, a possibilidade de localizar o criminoso.

11 – Assim como instalamos antivírus no PC, devemos fazer o mesmo com o telefone móvel ligado à internet.

12 – Faça back-up semanal do conteúdo de seu equipamento, pois em caso de perda ou subtração, a frustração será bem menor.

13 – Cuidado com o armazenamento de fotos e vídeos sensuais; se caírem em mãos erradas, você perderá noites de sono.

14 – Descubra o número secreto de seu aparelho, conhecido por IMEI, digitando *#06#. Em caso de perda ou roubo, ao informar à operadora o referido número, automaticamente o aparelho será bloqueado, independente de qual Sim Card esteja inserido.



Publicidade


Outras Notícias


Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

São Floriano, padroeiro dos bombeiros

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.