Três aeroportos do Espírito Santo vão deixar de receber investimentos do Governo Federal.

1_asddasd-3867377

Os aeroportos de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina e Linhares deixaram a lista de prioridades do governo federal para receber investimento. Inicialmente, apenas o aeroporto de Linhares está previsto no planejamento.

Os recursos seriam provenientes do programa de investimentos em aviação regional lançado pela presidente afastada, Dilma Rousseff (PT), que sofreu corte de Michel Temer (PMDB). O governo petista previa investimentos na ordem de R$ 7,3 bilhões.

A diminuição de 270 para 53 aeroportos que receberão recursos do governo, para que obras sejam iniciadas em 2017, foi confirmada nesta quarta-feira (24) pelo ministro de Transportes, Aviação Civil e Portos, Maurício Quintella Lessa (PR).

Entretanto, o Ministério afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a lista é provisória e depende de sanção da presidência. Dessa maneira, aeroportos podem ser retirados e acrescentados na lista prioritária de obras.

“Chegamos à conclusão de que não seriam necessários 270 aeroportos para iniciar um programa realista que atenda aos Estados, à demanda e às empresas”, disse Quintella ao jornal paulista. O ministro disse ainda que, além da falta de dinheiro, pesou para a exclusão de aeroportos projetos considerados inviáveis.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.