Fofoca pode ter motivado morte de ajudante de pedreiro em Cachoeiro

Delegacia

O suspeito de ter assassinado a tiros o ajudante de pedreiro Dário Moreira de Freitas, de 31 anos, na noite do último domingo (21), se apresentou à polícia, acompanhado de um advogado. O nome não foi divulgado pela Polícia Civil, que segue com as investigações para apurar se os relatos do autor são verídicos ou não. Ele foi ouvido e liberado, já que estava fora do prazo de flagrante.

De acordo com o titular da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV), Guilherme Eugênio, o crime pode te sido motivado por fofoca. “Eles não se conheciam. Estavam em um bar no distrito de Conduru, quando chegou ao conhecimento do autor um comentário que a vítima tinha feito com outra pessoa. Ele se sentiu ameaçado e foi tirar satisfação”, explica.

Testemunhas contaram à polícia que os dois tinham consumido bebida alcoólica. “Quando o autor se aproximou de Dário, ele acreditou que a vítima estivesse com uma arma, e para se proteger, efetuou os dois disparos. Ele disse que o crime foi em legítima defesa putativa, já que ele imaginou que a vítima estivesse armada”, comenta Guilherme.

Ainda, segundo o delegado, as testemunhas do caso seguem sendo ouvidas nesta quarta (24) e nesta quinta (25). “Precisamos checar se os relatos do autor são verdadeiros. Se for, não seria caso de prisão. As investigações continuam”, completa.

Dário, que residia no bairro Esplanada, em Castelo, foi assassinado a tiros na avenida Cândido Câmara, no centro do distrito de Conduru, zona rural de Cachoeiro de Itapemirim. O suspeito fugiu em seguida.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.