Site 'Viva Sampaio' reverencia a obra do cantor

Sergiosampaio1_divulgacao

Repleto de um acervo cultural que reverencia a obra de um dos’ malditos da música brasileira’, o site Viva Sampaio foi liberado na internet nessa segunda-feira (3). O espaço virtual reúne músicas, histórias, vídeos, fotos e escritos sobre a vida e obra do cantor e compositor cachoeirense, Sérgio Sampaio (foto ao lado) – um registro de extrema importância para preservar a carreira do cantor.

A iniciativa surgiu com uma página na rede social, também intitulada Viva Sampaio, e encabeçada pelo filho único do cantor, João Sampaio, com a produção de Aline Dias e Gustavo Binda. Por lá, o projeto era, e ainda é, alimentado com materiais diversos sobre Sampaio, além de dar enfoque a projetos de terceiros que revivem a obra do cantor. Agora, com a chegada do site, todos esses conteúdos ganham um espaço cativo para quem queira pesquisar e conhecer melhor sobre a vida e obra de Sampaio.

Mesmo um tanto injustiçado pela indústria fonográfica brasileira, Sampaio fez carreira em cima de canções eternas, cheias de poesia, críticas e sensíveis, a exemplo da marchinha reverenciada até hoje, Eu Quero é Botar Meu Bloco na Rua. No site, toda a trajetória do cantor está descrita em texto, com detalhes sobre o início da carreira, as parcerias e os trabalhos lançados.

Oficialmente, o cantor lançou três discos, Eu quero é botar meu bloco na rua (1973); Tem que acontecer (1976); e Sinceramente (1982) – além do álbum póstumo, Cruel (2006). Todos estes trabalhos estão dispostos no site. Uma outra seção em destaque é a de vídeos, que exibe clipes de outros cantores interpretando Sérgio Sampaio, como Tom Zé e Ligiana cantando Eu quero é botar meu bloco na rua (abaixo), Luiz Melodia cantando Que Loucura, ou Inara Novaes cantando Menino João, entre diversos outros.
Em Viva Sampaio uma outra seção que chama atenção é a de Filmes, que destaca produtos audiovisuais sobre a obra de Sampaio, como no documentário Um Sampaio Teimoso, de Nayara Tagnere, que reúne depoimentos e imagens de arquivo de Sampaio. Inclui ainda um vídeo caseiro do cantor tocando em 1992 e, outro documentário, Cachoeiro em Três Tons, de Cloves Mendes.

Acompanhe o site Viva Sampaio



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.