Polícia investiga sequestro de jovem encontrada amarrada em Cachoeiro

Santa-casa-nova-2 (1)

As investigações sobre o sequestro de uma jovem de 21 anos, ocorrido em Cachoeiro na última segunda-feira (31), seguem em sigilo. Ainda internada na Santa Casa de Cachoeiro, a vítima vai prestar depoimento na próxima quinta-feira (3), na Delegacia de Vargem Alta, para esclarecer o caso.

De acordo com a Polícia Civil, a divulgação das informações pode dificultar as investigações. A jovem foi encontrada amarrada e com várias lesões pelo corpo, às margens do rio Itapemirim, na Ilha dos Meirelles, em Cachoeiro. Ela teria saído de casa, em Vargem Alta, para resolver alguns problemas.

No início da tarde, preocupado com o sumiço, o namorado procurou a Polícia Civil do município, e contou que ela vinha recebendo ameaças. Enquanto ainda estava na Delegacia, ele recebeu um vídeo pelo celular com a imagem da vítima amarrada e com os ferimentos, e a indicação do local.

Uma equipe de investigadores de Vargem Alta localizaram a vítima, como no vídeo. Ferida e abalada, ela não conseguiu contar como tudo aconteceu. Ela foi socorrida pelo Resgate do Corpo de Bombeiros até a Santa Casa. A polícia acredita que ela tenha sofrido violência sexual, mas somente os exames vão confirmar o abuso.

O caso segue investigado pela Delegacia de Vargem Alta.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.