Casal é preso com um quilo de maconha dentro de ônibus em Guaçuí

Maconha-rodoviaria

Um casal foi detido na manhã desta quarta-feira (16), transportando um quilo de maconha. Eles estavam em um ônibus, que saiu de Cachoeiro e seguia para Bom Jesus do Norte. Policiais militares que estavam no coletivo fizeram a abordagem na altura de Guaçuí e localizaram a droga em uma bolsa. A ação aconteceu por volta das 9h.

Segundo informações da Polícia Militar, dois militares que saiam do serviço estavam no ônibus, quando avistaram o casal, residente em São José do Calçado. C.H.M.O., de 23 anos, é apontado pela polícia por vender drogas no município. Os policiais apuraram que ele teria entrado no coletivo em Cachoeiro, juntamente com P.S.M, de 18 anos, e uma criança de três meses.

Durante a parada do coletivo na rodoviária de Guaçuí, os militares fizeram a abordagem, e na bolsa do bebê foi encontrado um quilo de maconha. A mulher contou que C.H. a chamou para ir até Cachoeiro na última terça-feira (15), e na volta pediu para usar a bolsa do bebê, e percebeu quando ele guardou algo e permaneceu segurando a bolsa.

O Conselho Tutelar foi acionado para tomar as providências necessárias com a criança. Os dois foram detidos e encaminhados até a Delegacia de Guaçuí.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.