Investigações de atentado contra casal em Presidente Kennedy estão sob sigilo

Vitima-kennedy

As investigações que apuram a morte do motorista de ambulância José Luiz Sarti Talyuli, de 47 anos, e uma tentativa de homicídio contra uma mulher de 38 anos, ocorrido na última quinta-feira (26), na Praia das Neves, em Presidente Kennedy, seguem sob sigilo. Algumas testemunhas e suspeitos do crime já foram ouvidos pelo delegado responsável pelo caso, Daniel Correia Souza.

De acordo com ele, a polícia trabalha com todas as linhas de investigação. “Estamos trabalhando com todas as hipóteses e alguns suspeitos, dentro dessas linhas, já estão sendo ouvidos. As duas vítimas eram os alvos dos disparos. A residência fica mais afastada. Mas, mesmo que alguém tivesse visto alguma coisa, dificilmente falaria”, explica o delegado.

José Luiz trabalhava para uma empresa que presta serviços para a Prefeitura de Presidente Kennedy. Ele era motorista de ambulância e também trabalhava como lavrador. Na manhã na última quinta-feira (26), ele estava na casa de uma de suas propriedades, localizada na Rodovia do Sol, na Praia das Neves, em companhia de uma amiga.

Os dois foram surpreendidos pelos disparos. O motorista não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A mulher, atingida com um tiro no rosto, foi socorrida e encaminhada para o Hospital Manoel Carola, no município de São Francisco do Itabapoana, no estado do Rio de Janeiro, que faz divisa com Presidente Kennedy.

A mulher não corre risco de morte e permanece internada. Segundo o hospital, ela deve receber alta neste fim de semana. No mesmo dia do crime, o delegado Daniel Correia de Souza decretou sigilo no caso para não atrapalhar as investigações. O inquérito deve ser concluído em 30 dias.

Mais imagems

Vitima-kennedy


Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.