Números da crise na segurança: 66 assassinatos são registrados no Espírito Santo

16586726-1300332973322626-845104168-o

De acordo com dados extraoficiais, já são 66 assassinatos em três dias no Espírito Santo com a paralisação da Polícia Militar. Entre a noite de segunda-feira (06) e madrugada de terça (07), foram 15 mortes.Durante reunião com o ministro da Defesa Raul Jungmann, na noite de segunda-feira, o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, André Garcia, confirmou que em 24 horas (de domingo até segunda), o Espírito Santo havia registrado 37 homicídios.

Em entrevista ao Jornal Fala Manhã, da TV Vitória/Record, André Garcia, disse que esse “é um dado triste de um movimento irresponsável. O aumento exponencial no número de mortes ocorre devidos aos confrontos. Por isso, estamos trabalhando incessantemente para retomar a normalidade. Vamos ainda tomar as medidas legais para punir quem está por trás disso, que provocou toda essa tragédia na vida dos capixabas”.

A esperança do Governo do Estado é de que a sensação de segurança e o número de crimes diminuam com a presença de 1 mil homens das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica) e 200 da Força Nacional, principalmente em Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica. A previsão do Ministério da Defesa é de que os militares fiquem no Estado até o próximo dia 16 de fevereiro.

Protesto. Há quatro dias, familiares de policiais militares realizam protestos em frente aos batalhões da Polícia Militar (PM) do Espírito Santo. Desde então, os manifestantes bloqueiam a saída de viaturas e de policiais das unidades com cartazes exibindo pedidos de reajuste salarial, pagamento de auxílio alimentação, periculosidade, insalubridade, adicional noturno e a valorização dos policiais.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.