Ministro recebe projeto de urbanização em Marataízes

Received_10203076317744569

Já está nas mãos do Ministro do Turismo, Marx Beltrão (PMDB-AL), o Projeto da 1ª Etapa da Urbanização da Praia Central de Marataízes, entregue nesta quarta-feira (15) pelo Prefeito de Marataízes, Tininho Batista (PRP), que retorna a Brasília pela terceira vez neste ano.

“Não podemos perder tempo, o turismo da nossa cidade precisa avançar e o desejo em ver nossa Praia Urbanizada é de todos os munícipes de amam Marataízes e anseiam pelo seu desenvolvimento.” explica o prefeito.

R$ 12,5 milhões, esse é o valor da 1ª etapa, que compreende desde a Praça Central até a chegada de Marataízes, próximo ao antigo Chalé 70, no centro.

Durante o encontro o prefeito acompanhado do seu Secretário de Governo, Evaldo Batista, contou com a presença do Senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) e a Deputada Federal Norma Ayub Alves (DEM-ES), ambos comprometidos em lutar pela revitalização da Praia Central.

Segundo Tininho Batista, o projeto da 1ª etapa da obra passará por uma análise pela equipe técnica do Ministério do Turismo e a previsão para liberação será no 1º semestre deste ano.



Outras Notícias


São Ruperto, grande apóstolo da Baviera

São Turíbio de Mongrovejo, homem apostólico

Suspeito de manter ex-namorada em cárcere privado é preso por policiais civis

Termômetro e medidor de pressão com mercúrio serão proibidos a partir de 2019

Papa Francisco diz que refugiados são "maior tragédia depois da Segunda Guerra"

Sexta sem Aedes vai começar pelo bairro Coramara

PM recupera veículos em Cachoeiro

São Zacarias, Papa

São Nicolau de Flue, eremita

Santo Ambrósio de Sena, homem do perdão e da reconciliação

Produtos da Páscoa Solidária Já podem ser encontrados na recepção do Hospital Evangélico

Mais de 70 oportunidades de emprego no Sine

Chuva: equipes da prefeitura de plantão para atendimentos

Homem é preso pela Guarda Municipal após furtar bolsa

Cachoeiro comemora 150 anos de emancipação política

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.